Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento eléctrico da casa. Vantagens e desvantagens

Hoje veremos os principais sistemas de aquecimento elétrico de uma casa ou apartamento particular. Além disso, existem muitas formas de aquecimento elétrico, que definitivamente iremos considerar..

Benefícios do aquecimento com eletricidade

Assim, ao escolher um sistema de aquecimento elétrico para sua casa particular, você obtém muitas vantagens:

  • Fácil de projetar e instalar. O sistema elétrico é muito mais fácil de organizar do que gaseificar uma casa ou construir um sistema de aquecimento de fogão. O registro legal da instalação de tal sistema é muitas vezes mais fácil do que obter uma massa de licenças para a instalação de uma caldeira a gás ou fazer cálculos para a construção da ventilação e resolver problemas de tiragem no forno..
  • Os menores custos de instalação. Se para instalar uma caldeira a gás for preciso pagar pelo desenvolvimento do projeto e chamar as autoridades reguladoras, então na hora de instalar o sistema elétrico bastará comprar uma caldeira ou outro equipamento, pagar aos instaladores uma vez e depois aproveite o calor por muitos anos. Além disso, você não precisa de uma sala separada para a sala da caldeira..
  • Os sistemas elétricos são fáceis de operar, basta simplesmente definir o modo desejado ou definir o sistema de aquecimento necessário.
  • A segurança do aquecimento elétrico é inegável – não produz monóxido de carbono; caldeiras elétricas não explodem quando as condições de operação são violadas, como o gás.

Instalar um sistema de aquecimento elétrico em sua residência será, sem dúvida, a decisão mais acertada – simples, segura e ecologicamente correta..

Simplicidade e facilidade de instalação

A automontagem não requer ferramentas caras e conhecimentos especiais. Todo o equipamento é pequeno, pode ser instalado rapidamente e com custo mínimo..

Todos os dispositivos são facilmente transportados e carregados para salas diferentes. Uma sala de caldeira separada e chaminé também não são necessárias..

Segurança

Os sistemas elétricos não formam gases de monóxido de carbono, não há nenhum produto de combustão. Nenhuma emissão prejudicial é emitida, mesmo se o sistema quebrar ou for desmontado.

Baixo custo inicial

Não há necessidade de preparar a documentação do projeto com o convite de serviços especiais. Nenhuma licença necessária.

Confiabilidade e silêncio

O aquecimento eléctrico não necessita de manutenção regular com a assistência de especialistas. Todas as unidades operam de forma absolutamente silenciosa, uma vez que não há ventilador e bomba de circulação no sistema.

De facil operação

Não há elementos no sistema que possam falhar rapidamente. Não há necessidade de monitorar constantemente os sensores e o nível de combustível.

Alto nível de eficiência

Permite aquecer rapidamente uma casa particular mesmo nas geadas mais severas. O aquecimento eléctrico está sempre equipado com um sistema especial que permite regular a temperatura de cada divisão individual, o que permite poupar significativamente nos custos financeiros durante a época de aquecimento.

As principais vantagens do aquecimento elétrico individual

Para compreender todas as vantagens do aquecimento elétrico, é necessário compará-lo com outras opções de aquecimento existentes para uma casa privada. Por exemplo, o que precisa ser feito para instalar um sistema de aquecimento a gás? Gaste pelo menos uma quantia bastante séria na compra das unidades necessárias e reserve várias semanas para contornar várias autoridades e obter as licenças necessárias.

O aquecimento elétrico não requer aprovação prévia. Basta comprar o equipamento, instalar você mesmo ou com a ajuda de instaladores e conectá-lo à rede. Todo o trabalho leva um dia, raramente dois.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Em qualquer circunstância, você gastará menos dinheiro na compra e ajuste do aquecimento elétrico do que na disposição da sala da caldeira, colocando gasodutos e comprando uma caldeira.

Os aquecedores elétricos não precisam de uma sala de caldeira separada. Pisos aquecidos, convetores, aquecedores de ventoinha, aquecedores infravermelhos – tudo isso é instalado em um local conveniente, colocado sob a mesa de piso ou pendurado nas paredes.

Aquecedores elétricos não precisam de uma sala de caldeira separada

O aquecimento a gás é potencialmente perigoso. Se conectada e operada incorretamente, a caldeira pode envenenar os moradores da casa ou até explodir.

Aquecedores elétricos são totalmente seguros, você só precisa seguir os cuidados básicos

As instalações elétricas são muito mais confiáveis ​​do que os sistemas de aquecimento urbano. Ao rejeitar o aquecimento central, o proprietário da casa se livra da cooperação não mais lucrativa e conveniente com os serviços públicos.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Ao rejeitar o aquecimento central, o proprietário da casa se livra da cooperação não mais lucrativa e conveniente com os serviços públicos

O aquecimento elétrico não força seu proprietário a alocar um local separado para armazenar combustível e pensar constantemente sobre a necessidade de reabastecimento regular do suprimento de combustível.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

O aquecimento elétrico não força seu proprietário a alocar um local separado para armazenar combustível e pensar constantemente na necessidade de reabastecimento regular do suprimento de combustível.

A questão dos benefícios econômicos de aquecer uma casa com eletricidade merece atenção especial. Anteriormente, acreditava-se que o aquecimento elétrico é a opção mais cara para o aquecimento individual. E esta afirmação estava absolutamente correta. Hoje, a situação mudou dramaticamente..

  1. Em primeiro lugar, o proprietário da casa pode instalar um medidor multipartidário. Na maioria das regiões do país, a eletricidade é cobrada de forma diferente dia e noite. Graças a esse medidor, os custos de aquecimento podem ser reduzidos significativamente.
  2. Em segundo lugar, o sistema pode ser equipado com acumuladores de armazenamento de calor. Esses dispositivos são conectados à rede à noite, quando a eletricidade é o mais barata possível. Quando conectados à rede elétrica, os elementos internos de tais dispositivos de armazenamento, feitos de magnesita de alta tecnologia, acumulam calor e, após se desconectarem da rede elétrica, fornecem a eletricidade acumulada para a casa..

Um sensor compacto é responsável pelo correto funcionamento do conversor. Também ajuda a regular a temperatura nas instalações e permite-lhe manter um microclima confortável. As unidades são totalmente seguras e vendidas a um custo relativamente acessível. É claro que você terá que gastar mais dinheiro na instalação de um sistema de aquecimento, mas todos os custos serão pagos muito rapidamente, porque os dispositivos considerados podem reduzir os custos de energia em até 5-7 vezes.

Chão quente

Muitas vezes é usado como aquecimento elétrico adicional em um apartamento e em uma casa. Permite que você se livre completamente dos radiadores. Fornece uma distribuição uniforme de calor em todo o espaço. Permite que você mantenha o grau de aquecimento do ar em uma determinada faixa sem uma caldeira.

Chão quente

Com cálculos corretos, muitas vezes é usado como a principal fonte de calor. Com sua ajuda, você pode organizar o aquecimento por eletricidade em uma casa particular de qualquer tamanho, localizada em qualquer região.

Aquecedores infravermelhos

Mais recentemente, modernos aquecedores infravermelhos surgiram em nosso mercado. Na maioria das vezes, eles são instalados sob o teto ou no chão, podem ser dispositivos de aquecimento ou um filme infravermelho especial.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Uma característica deste tipo de aquecimento é que não é o ar que aquece, mas sim os objectos que se encontram na divisão e o ar já é aquecido a partir deles..

Este método garante que esse aquecimento seja econômico e conveniente..

Normalmente, o esquema de instalação desses dispositivos prevê o uso de controladores, o que pode reduzir os custos de energia em quase 2 vezes..

A desvantagem desse aquecimento é o alto custo do equipamento e de sua instalação. Se você não tiver habilidades especiais, não poderá instalar tal sistema com suas próprias mãos..

O aquecimento elétrico mais econômico

Na verdade, existe uma maneira de economizar significativamente no aquecimento elétrico em casa. E o consumo será até 5 vezes inferior ao de uma simples opção de aquecimento. Este método é ao mesmo tempo o mais caro e não adequado para todos. O melhor ou não o melhor é com você. Mas definitivamente vale a pena falar sobre..

Imagine quantos recursos a terra nos dá e quanto calor podemos levar para nosso uso de suas profundezas. Qualquer coisa que tenha uma temperatura positiva pode nos dar calor.

Agora imagine um dispositivo que pode converter a energia da terra em energia térmica. Parece muito futurista, mas esse dispositivo já existe há muito tempo e é chamado de bomba de calor..

Bomba de calor

Uma bomba de calor pode pegar calor útil do ar, do solo, da água e convertê-lo em energia térmica para aquecer uma casa. Esse dispositivo funciona com eletricidade e, consumindo 1 kW de eletricidade, pode produzir 5-6 kW de energia térmica.

Substitui a bomba de calor na sua essência, a caldeira e desempenha a sua função principal. E sua principal desvantagem, como você provavelmente já deve ter adivinhado, é o preço..

Devido ao custo da bomba, o retorno é bastante longo e, sob certas condições, a bomba pode nem mesmo se pagar a si mesma, mas simplesmente falhar antes do tempo. Mas em um futuro próximo esta unidade terá grande demanda. Afinal, o preço da eletricidade aumenta e as bombas de calor são instaladas mais baratas a cada ano..

Benefícios das bombas de calor:

  • Redução dramática nos custos de energia. Este é quase o fator mais importante na escolha de uma bomba de calor.
  • Equipamento moderno amigo do ambiente
  • Saiba como o seu vizinho vai invejar

A bomba também tem desvantagens:

  • Preço alto do equipamento
  • Longo retorno devido ao fato de que a eletricidade na imensidão dos países da CEI ainda não é tão cara
  • Equipamentos complexos, cujo conserto pode custar um bom dinheiro

Como aquecer sua casa com eletricidade

Considere as opções mais populares para aquecimento elétrico de uma casa de campo.

  • Aquecimento de água com caldeira elétrica.
  • Aquecimento com convetores elétricos.

Diagrama de instalação do sistema de aquecimento

A primeira opção envolve a criação de um circuito de aquecimento no qual são utilizados tubos para o transporte do refrigerante, radiadores para a transferência de energia térmica para a sala, bem como os dispositivos e mecanismos necessários ao funcionamento do sistema (tanque de expansão, bomba de circulação, válvulas de corte e controle, dispositivos de segurança e controle).

Além disso, você precisa do esquema de CO correto para sua casa, de acordo com a arquitetura do edifício, características do projeto e outros fatores..

A segunda opção envolve a instalação do número necessário de convetores elétricos em cada sala. Os benefícios são óbvios: não há necessidade de criar circuitos de aquecimento, design e instalação de equipamentos complexos. Todo o trabalho pode ser feito de forma independente, sem pagar caro a especialistas.

Considere as características do projeto e o princípio de funcionamento de cada opção de aquecimento, o que permitirá concluir se é possível usar a eletricidade para aquecer casas particulares e de campo..

Aquecimento com eletricidade: benefícios, custos, conclusões

Para responder à questão de saber se é possível aquecer uma casa privada com eletricidade, alguns cálculos devem ser feitos..

Dados iniciais: uma casa de alvenaria com isolamento básico de sótão e piso, numa área de 150 m2. Região de Moscow. Partimos dos dados de que o aquecimento de 10 m2 requer 1 kW de energia térmica. O aquecimento de tal propriedade requer 15 kW de eletricidade por hora. Na prática, durante a estação de aquecimento, há cerca de metade desses dias em que essa energia não é necessária. Tomamos o valor médio – 7,5 kW / h para o aquecimento da casa de campo original.

Portanto: 7,5 kW / h é multiplicado por 24 horas e 30 dias. Conseguimos 5400 kW. Como a duração média da estação de aquecimento na região centro do país é de 5 meses, multiplicamos o valor resultante por 5 e pelo custo de 1 kW / h em Moscou (5,03); 5400 x 5 x 5,03 = 135.810 rublos. Esta figura mostra o custo de pagar pela eletricidade para o uso de CO elétrico por uma temporada. Vale a pena acrescentar a isso o custo do equipamento: para aquecimento por convetor será de 300-400 USD. Para o sistema de água, esse valor aumentará para 8-10 mil USD para a criação de um projeto JI, a compra de equipamentos e os custos de instalação e comissionamento..

Por exemplo, o CO gasoso incorrerá nos seguintes custos:

  • A compra do equipamento necessário, as obras de design, instalação e comissionamento serão de 10-13 mil cu..
  • Com uma eficiência da caldeira de 90%, o consumo médio de gás para a casa de campo original será de 3,5-4 mil m3 por temporada. Em Moscou, o custo de 1 m3 de gás varia em 6 rublos, e 24 mil rublos serão gastos por temporada..
  • O custo de conexão com a tubulação de gás – mais de meio milhão de rublos.

Sem entrar em detalhes, é visível a diferença de custos de operação, a partir da qual podemos concluir: o aquecimento a gás é mais barato, além do grandioso investimento inicial..

Por que escolher o aquecimento elétrico?

É geralmente aceito que aquecer uma casa com sistemas alimentados por eletricidade é muito caro. Portanto, suas vantagens, de alguma forma, não são levadas em consideração..

Aquecimento elétrico em casa particular

Os sistemas de aquecimento elétrico estão entre os mais ecológicos. Eles não emitem nenhuma emissão para a atmosfera.

Isso é fundamentalmente errado, porque os sistemas elétricos têm muitas vantagens significativas que os distinguem favoravelmente de outros tipos de aquecimento:

  • Segurança. O equipamento não funciona com chamas abertas e substâncias explosivas como outros dispositivos de aquecimento. Fiação bem posicionada – proteção confiável contra possível incêndio.
  • Fácil de operar e manter. Os sistemas automáticos regulam o funcionamento do equipamento, o que requer uma intervenção humana mínima. Não há itens que exijam substituição ou limpeza regular.
  • Segurança ambiental completa. Durante a operação, o sistema não emite substâncias tóxicas, podendo ser instalado em qualquer local.
  • Não há necessidade de armazenar combustível. Portanto, nenhuma sala especial é necessária para armazenar materiais combustíveis..
  • Compacidade. A maior parte do equipamento é pequena. O design diversificado de dispositivos facilita a escolha de um modelo para qualquer estilo de interior.
  • Baixo custo. Em comparação com outros tipos de dispositivos de aquecimento, o preço desse equipamento em si é muito mais baixo.

Das desvantagens significativas dos sistemas elétricos, além do custo bastante elevado da eletricidade, para ser justo, deve-se notar que o equipamento é completamente volátil..

Isso significa que, em caso de queda de energia, todos os dispositivos deixarão de funcionar, o que será especialmente perceptível em áreas com interrupções frequentes. Além disso, para o funcionamento ininterrupto do equipamento, será necessária uma rede elétrica potente, que não está disponível em todos os lugares..

Aquecimento elétrico de uma casa particular

Para equipar o aquecimento de águas com caldeira elétrica, opte-se apenas por sistema fechado com tanque de expansão equipado com membrana, com a qual é regulada a pressão no sistema

Aquecimento elétrico “à moda antiga”

Apenas algumas palavras sobre os aquecedores elétricos que todos conhecem, provavelmente desde a infância:

Refletor de aquecimento elétrico

  • Refletores de aquecimento, geralmente com uma ou mais bobinas, alojados em tubos de vidro de quartzo transparente. Esses dispositivos criam um fluxo direcionado de energia térmica, mas eles só são capazes de aquecer salas muito pequenas ou uma área muito limitada da sala. Ao mesmo tempo, eles não podem ser chamados de econômicos de nenhuma forma – geralmente eles não fornecem quaisquer ajustes automáticos, exceto para alterar o nível de aquecimento definido da espiral.

Aquecedor com ventilador – nem mesmo considerado como aquecimento

  • Ventiladores de calor – conduzem o fluxo de ar através de um trocador de calor (na maioria das vezes, uma espiral de nicrômio aberta atua como este). O fluxo de ar aquecido só pode aumentar o conforto em uma determinada área e por um período muito curto. O que pode ser muito bom para um pequeno escritório não terá efeito em uma casa de campo residencial. Além disso, a operação de longo prazo de tal dispositivo queima com bastante força, seca o ar em uma sala fechada. Alguns modelos modernos funcionam com base no princípio de misturar o ar externo, mas, mesmo assim, é impossível considerar dispositivos como o aquecimento doméstico.

Radiador de óleo – bom apenas para aquecimento local adicional

  • Os radiadores a óleo são aquecedores pesados ​​com um formato estriado pronunciado, semelhante às baterias clássicas de ferro fundido. Eles podem ser móveis (muitos até têm um curso de roda para facilitar sua movimentação ao redor da sala), ou instalados permanentemente.

Esses radiadores são capazes de aquecer até temperaturas muito altas e liberar energia na forma de radiação de calor direta e a criação de fluxos de convecção. Sua forma nervurada aumenta significativamente a área de transferência de calor ativa.

Os radiadores a óleo geralmente têm um controle escalonado ou suave da temperatura de aquecimento do meio de aquecimento, têm boa inércia térmica – mesmo depois de desligados, eles são capazes de permanecer aquecidos por um longo tempo. No entanto, sua eficiência é baixa, e tais dispositivos costumam ser usados ​​como aquecimento adicional, para ajudar o principal quando necessário. Será simplesmente não lucrativo construir todo o sistema de aquecimento, contando com radiadores a óleo..

Visão geral das opções de aquecimento elétrico para uma casa particular

Antes de passar à discussão dos tipos de aquecimento, deve-se dizer que o sistema de aquecimento deve ser projetado e calculado antes da construção da casa, de modo a não se envolver em alterações posteriores..

Prepare a fiação elétrica

Atenção especial deve ser dada à fiação elétrica..

Diagrama de fiação para organizar o aquecimento elétrico

Para que a fiação não aqueça, você deve seguir a regra: a seção transversal do fio de 1 mm2 corresponde a uma intensidade de corrente de 8 A.

E o mais importante, se a casa ou apartamento não foi projetado para aquecimento com eletricidade, então você terá que mudar a fiação ou instalar uma caldeira elétrica e fornecer uma entrada separada para ela.

No processo de arranjo, é importante preparar com antecedência todas as ferramentas necessárias para trabalhar com um eletricista.

Aquecimento de água com caldeira elétrica

É um sistema padrão com um líquido de aquecimento circulando pelo circuito de aquecimento. Sua principal diferença é que o meio de aquecimento só é aquecido com o uso de caldeira elétrica..

Por causa disso, tal sistema terá algumas peculiaridades. Em primeiro lugar, só pode ser do tipo fechado e deve ser equipado com um tanque de expansão de membrana..

Caso contrário, não será possível evitar o aquecimento desigual das instalações, perda de velocidade e potência de troca de calor, o que levará a um consumo excessivo de energia elétrica e, consequentemente, a custos injustificados. Pelas mesmas razões, não se recomenda a instalação de sistema de circulação natural..

Galeria de imagens A foto da opção de aquecimento elétrico requer um investimento mínimo na organização e instalação Para o dispositivo de aquecimento elétrico não é necessária a construção de uma sala de caldeiras, não é necessário um local para armazenamento de combustível As caldeiras elétricas são produzidas nas versões de circuito simples e duplo. Se uma caldeira de circuito duplo não for suficiente para atender a uma casa, unidades de circuito único separadas são instaladas para abastecimento de água quente e aquecimento. Caldeiras elétricas de circuito único servem apenas para a linha de aquecimento. Para aquecer água, neste caso, é utilizado um aquecedor instantâneo de água a gás ou elétrico. As caldeiras elétricas atraem as instalações mais simples e eficientes. Para a sua instalação, só necessita de obter autorização para ligar a uma linha eléctrica com a potência necessária Caldeiras eléctricas numa casa de campo Equipamento eléctrico para aquecimento e abastecimento de água quente Caldeira eléctrica com esquentador a gás Instalação e ligação simples

A melhor opção é a circulação forçada do refrigerante, o que permitirá economizar energia ao máximo. Para trabalhar com esse sistema de aquecimento, você pode usar três tipos de caldeiras elétricas. Vamos analisar as vantagens e desvantagens de cada um deles..

Caldeiras com aquecedores do tipo TEN

Elementos de aquecimento são instalados em cada um desses dispositivos. São elementos de aquecimento que funcionam segundo o princípio do aquecimento resistivo de um condutor por onde passa uma corrente elétrica..

Devido ao fato de que devem funcionar na forma líquida, os dispositivos são adicionalmente equipados com proteção em forma de caixa estanque e isolamento confiável. Portanto, a potência dos elementos de aquecimento é um pouco reduzida.

Sistema de aquecimento elétrico de uma casa particular

A figura mostra o projeto de uma caldeira elétrica com um aquecedor de elemento de aquecimento

Como resultado, a eficiência de cada um desses aquecedores não é superior a 80. Portanto, para que caldeiras deste tipo aqueçam o refrigerante até a temperatura necessária, é necessário aumentar o número de elementos de aquecimento ou fornecer aquecedores de maior poder.

Em qualquer caso, as perdas de energia são inevitáveis, o que afeta negativamente a eficiência de dispositivos deste tipo. Na maioria das vezes, os fabricantes instalam 3-4 elementos de aquecimento em uma caldeira. Vários modos de operação do dispositivo são fornecidos. Dependendo disso, todos os elementos de aquecimento podem ser ligados, apenas um deles ou grupos de elementos.

A potência das caldeiras elétricas do tipo elemento de aquecimento varia de 3 a 50 kW. Os modelos mais potentes são projetados para conexão a uma rede trifásica, os menos potentes podem operar em uma única fase.

A disposição dos elementos de aquecimento no dispositivo pode ser diferente, o que afeta sua aparência. Eles podem ser feitos na forma de cilindros com elementos de aquecimento “escondidos” no interior e uma unidade de controle colocada em uma caixa separada, ou ter a forma retangular usual com os controles trazidos para fora da caixa.

O custo de caldeiras deste tipo é muito baixo, devido à sua eficiência não econômica..

Aquecimento elétrico em casa particular

Durante a operação, a superfície do elemento de aquecimento fica coberta com incrustações e depósitos de sal, por isso tem que ser trocada regularmente

Os elementos de aquecimento também apresentam desvantagens. Em primeiro lugar, é a curta duração do elemento de aquecimento. Durante a operação do dispositivo, ele fica coberto com depósitos de sal e falha..

Portanto, uma mudança regular de elementos de aquecimento é necessária para tal dispositivo. Outro “ponto negativo” é que quando o equipamento é ligado com uma pequena quantidade de refrigerante ou na sua ausência, os aquecedores falham..

Caldeiras de eletrodo

O princípio de funcionamento do dispositivo é fundamentalmente diferente dos modelos de elementos de aquecimento. Para obter calor, são utilizadas oscilações de frequência na rede variável, que, por sua vez, provocam oscilações dos íons no eletrólito, o que leva ao seu rápido aquecimento..

A própria caldeira é um corpo com dois eletrodos imersos em um refrigerante, cuja função é desempenhada por um líquido condutor ou eletrólito. Na maioria das vezes, o anticongelante de uma determinada marca é usado para esses fins..

Os eletrodos são vantajosamente compactos e leves, enquanto seu poder de aquecimento é alto. Essas caldeiras podem ser instaladas em grupos, inicializando um ou vários dispositivos ao mesmo tempo, conforme necessário. Outra vantagem do equipamento de eletrodo é sua insensibilidade quase completa às quedas de tensão na rede..

Sistemas de aquecimento elétrico de uma casa particular

As caldeiras de eletrodo são muito compactas, o que as distingue favoravelmente de análogos do tipo de elemento de aquecimento

O intervalo de quedas seguro para eles é de 15-20%, o que é bastante. No entanto, a estabilidade da frequência CA é muito importante para os dispositivos. As caldeiras de eletrodo são completamente à prova de fogo, uma vez que tal dispositivo não pode superaquecer e, na ausência de um refrigerante, ele simplesmente não liga.

O aparelho aquece muito rapidamente. Em termos de eficiência, supera em 20% o elemento de aquecimento analógico, ou seja, sua eficiência é de cerca de 98%. Ao mesmo tempo, seu desempenho pode ser aumentado.

Isso é conseguido amarrando o dispositivo com tubos de metal. Assim, a zona de ionização do refrigerante é significativamente ampliada, o que dá o efeito de aumento de produtividade. O custo das caldeiras a eletrodo é baixo. Portanto, quando esse equipamento apareceu pela primeira vez, ele foi considerado quase um dispositivo de aquecimento ideal..

No entanto, durante a operação, algumas desvantagens foram reveladas. Em primeiro lugar, este não é um poder estável do dispositivo..

Depende muito da composição química do líquido condutor e de sua temperatura, pois mesmo com pequenos desvios, a condutividade elétrica da solução muda, o que leva a mudanças na intensidade de aquecimento. Além disso, o sistema de eletrodos é muito difícil de controlar e ajustar automaticamente..

Sistemas de aquecimento elétrico de uma casa particular

As caldeiras de eletrodo podem ser instaladas em grupos, o que dá uma facilidade significativa de uso

Para caldeiras deste tipo, a composição e a pureza do refrigerante são extremamente importantes. Em caso de não conformidade com as proporções da solução ou de sua contaminação, todas as vantagens de tal sistema são perdidas. Portanto, pelo menos uma vez por ano, é necessário corrigir a composição química do eletrólito..

Com a mesma frequência, será necessário limpar o trocador de calor e todo o sistema de aquecimento dos depósitos de sal, que se acumularão com rapidez suficiente. Um pré-requisito para conectar o sistema de aquecimento elétrico de uma casa do tipo eletrodo é a presença de um circuito de aterramento.

Assim, apesar do fato de que tais dispositivos de aquecimento são mais econômicos do que suas contrapartes de elementos de aquecimento, eles não são particularmente procurados. Um número suficientemente grande de desvantagens torna a sua utilização para aquecimento de uma casa privada pouco conveniente..

Caldeiras de aquecimento por indução

Estes são os representantes mais avançados dos sistemas de aquecimento elétrico. Esses dispositivos são baseados no princípio da indução eletromagnética. Tudo acontece da seguinte maneira. Uma corrente elétrica é passada através do enrolamento primário localizado no núcleo do dispositivo.

Ele induz uma tensão no enrolamento secundário localizado mais próximo à caixa do dispositivo. É um sistema de tubos labirínticos por onde passa o refrigerante.

Aquecimento elétrico de uma casa particular

A figura mostra esquematicamente uma caldeira de indução e seu princípio de funcionamento.

Quando o circuito secundário é fechado, ocorre o aquecimento resistivo do condutor e, consequentemente, do refrigerante. Não há perda de energia neste caso, então a eficiência de tal sistema é quase 100%.

O líquido é aquecido muito rápida e uniformemente. As caldeiras de indução são muito econômicas. Este indicador aumenta ainda mais devido à autoindução do sistema, que está associada a potência reativa adicional..

É gerado por correntes que passam por uma malha secundária fechada. Neste caso, os valores da potência adicional resultante são bastante grandes. Uma espécie de caldeira indutiva atua de maneira um pouco diferente – um aquecedor de indução de vórtice ou VIN.

Uma tensão é fornecida ao seu enrolamento primário, que é pré-convertido em alta frequência. Assim, a força do campo eletromagnético aumenta drasticamente.

O que dá o mesmo aumento rápido na corrente gerada por este campo? A peculiaridade da caldeira VIN é que ela não possui enrolamento secundário. Em vez disso, todas as superfícies de metal do equipamento são usadas..

Eles são feitos especialmente de materiais com propriedades ferromagnéticas pronunciadas. O aparecimento de correntes parasitas leva à reversão da magnetização, o que causa um aquecimento forte e quase instantâneo das ligas ferromagnéticas.

Aquecimento elétrico de uma casa particular

As caldeiras de indução são compactas, mas ao mesmo tempo têm peso significativo

Consequentemente, no processo de troca de calor, quase todos os elementos massivos do case estão envolvidos, o que permite obter uma eficiência muito elevada, próxima de 100%. As caldeiras de indução de ambos os tipos são diferenciadas por seu peso considerável e tamanho relativamente pequeno. Podem ser instalados um de cada vez ou em grupos, este último oferece vantagens significativas na hora de organizar o aquecimento de um edifício..

Uma caldeira de indução para arranjar uma cabana de verão ou uma pequena casa particular pode ser feita à mão. O guia de montagem da caldeira de indução fornecido no artigo que recomendamos irá ajudá-lo a escolher a melhor opção e construir corretamente a unidade.

As vantagens das caldeiras de indução incluem aquecimento rápido, quase instantâneo. O equipamento é de fácil ajuste, portanto, unidades de controle automático são montadas nele, proporcionando configurações precisas. Em termos de segurança elétrica e contra incêndio, esses dispositivos são mais favoráveis ​​quando comparados com análogos de outros tipos..

A alta eficiência dos dispositivos de indução não diminui mesmo após operação de longo prazo. Isso se deve ao fato de que depósitos de sal ou incrustações não se acumulam dentro do dispositivo. São removidos por microvibrações de alta frequência que acompanham o funcionamento do equipamento. Pelo mesmo motivo, não existem requisitos especiais para a composição química do refrigerante. As caldeiras são insensíveis a isso.

Aquecimento elétrico de uma casa particular

O uso de caldeiras de indução proporciona economia de energia da ordem de 40% em relação ao uso de caldeiras elétricas de outros tipos

Outra vantagem é a longa vida útil das caldeiras de indução. Sem exagero, pode ser calculado em dezenas de anos. Isso se deve ao fato de o equipamento simplesmente não ter nós vulneráveis. Não há contato entre a parte elétrica do dispositivo e o refrigerante..

Os problemas só podem surgir com soldas, que geralmente duram muito tempo. A principal vantagem desse tipo de equipamento é a relação custo-benefício..

A prática mostra que ele permite que você economize até 40% da eletricidade em comparação com seus elementos de aquecimento e contrapartes de eletrodo. Entre as deficiências, vale destacar um pequeno ruído de vibração que as caldeiras emitem durante o funcionamento..

Massividade, o que requer atenção durante a instalação, especialmente se o dispositivo for montado na parede. Outra desvantagem é o custo bastante elevado dos dispositivos de indução..

Equipamento de aquecimento infravermelho

Para aquecer sua casa de campo com eletricidade, você pode usar sistemas de aquecimento infravermelho modernos. Para o seu trabalho, é aplicado o princípio da transferência de energia das ondas a uma certa distância..

Tudo acontece da seguinte maneira. O emissor converte energia elétrica em comprimentos de onda infravermelhos e a transmite. As ondas se movem até atingirem qualquer superfície opaca.

Aquecimento elétrico de uma casa particular

A distribuição de temperatura ao usar aquecimento infravermelho é muito mais confortável para humanos do que ao usar métodos de aquecimento tradicionais

Aqui eles são convertidos em energia térmica, aquecendo o corpo que encontra pelo caminho. Um objeto aquecido dessa forma, seja um móvel grande, um piso ou uma parede, começa a liberar calor para a atmosfera, aquecendo assim o ar do ambiente..

Assim, o ambiente é aquecido da forma mais uniforme possível, e as temperaturas são distribuídas da forma mais confortável para uma pessoa. Ao mesmo tempo, praticamente não há perda de energia, o que determina a alta eficiência dos aquecedores infravermelhos.

Eles vêm em uma variedade de sabores. Especialmente popular é um filme infravermelho especial com emissores de carbono selados dentro dele. É utilizado para equipar um sistema de piso radiante, podendo ser utilizado no tecto e nas paredes. O filme é coberto com qualquer material de acabamento, o que não afeta suas propriedades.

A espessura do filme infravermelho é pequena, é invisível sob qualquer revestimento. O sistema é resistente à umidade, não tem medo de cargas dinâmicas. Para ser desmontado e reutilizado.

À venda pode encontrar aquecedores infravermelhos, tanto convencionais como fabricados em forma de placas de vários tamanhos. Eles também são projetados para serem montados em paredes ou tetos. É verdade, neste caso, estamos falando mais sobre aquecimento adicional do que sobre o principal.

Em termos de eficiência, o equipamento infravermelho supera todos os sistemas de aquecimento elétrico conhecidos. Isto porque consegue aquecer muito rapidamente a divisão, após o que a central automática liga / desliga periodicamente o aparelho, mantendo a temperatura desejada..

As desvantagens dos sistemas infravermelhos incluem a direção estrita do aquecimento. O dispositivo aquece apenas a área à sua frente. Portanto, por exemplo, o filme infravermelho é colocado ao redor de todo o perímetro do piso ou teto..

Outra desvantagem é o custo bastante alto desse equipamento, especialmente se você precisar comprar material para organizar um piso aquecido ou um sistema PLEN para o teto. No entanto, deve-se admitir que tais investimentos se pagam com rapidez suficiente.

Aquecimento elétrico para uma casa particular

Os aquecedores infravermelhos modernos podem ser feitos na forma de um painel decorativo

Aquecimento de convetores elétricos

A operação desses dispositivos é semelhante à operação de radiadores de aquecimento. Eles também aquecem e transferem calor para o ar ao seu redor. A diferença é que não há portador de calor nos convetores. Portanto, os sistemas de tubulação de entrada / saída não são necessários..

Em vez disso, os elementos de aquecimento estão localizados dentro do dispositivo, o que aquece sua superfície. A parte inferior do aparelho é destinada à entrada de ar frio..

Galeria de imagens Com a sua utilização, não há necessidade de um dispositivo para a sala da caldeira. Para rebocar para outras áreas e instalações, o convector móvel está equipado com rodas. Separando as rodas do dispositivo móvel e pendurando-o nos suportes, pode-se usar o convector como equipamento fixo. Aquecedores elétricos em forma de tela plana ocupam um espaço mínimo. Novos modelos são produzidos com a capacidade de instalar seu próprio substrato sob a superfície frontal, o que permite que os dispositivos literalmente se fundam com a parede.

Ele penetra no convector através de uma malha especial. Aquecendo a partir do elemento de aquecimento, o ar sobe mais alto e sai pela grelha superior.

Durante o funcionamento do aquecedor, é criada uma corrente ascendente constante de ar quente, que aquece rapidamente a divisão. Para controlar a temperatura de aquecimento, o equipamento é equipado com termostato, podendo ser instalada uma unidade de controle automático.

Os fabricantes produzem uma ampla gama de dispositivos de várias capacidades e designs. Para salas com alta umidade, você pode adquirir dispositivos com proteção especial. O seguinte artigo irá familiarizá-lo com os critérios de escolha de um convetor elétrico, que aconselhamos a leitura..

Os convetores são extremamente fáceis de usar e seguros. O elemento de aquecimento do dispositivo está localizado dentro de sua caixa, enquanto o painel externo esquenta muito pouco, por isso é impossível se queimar nele.

Convector no sistema de aquecimento elétrico de uma casa particular

A figura mostra esquematicamente o princípio de funcionamento de um convetor elétrico: as massas de ar frio são aspiradas pelo dispositivo por baixo e, após o processamento, são removidas para fora na parte superior.

Os aparelhos de aquecimento são silenciosos, pelo que não são inconvenientes. São produzidas várias variações de convetores, entre as quais existem modelos portáteis móveis. Existem dispositivos projetados para montagem no chão. São instalados por baixo de janelas, em frente a portas e noutros locais semelhantes onde os dispositivos criam uma cortina térmica eficaz que impede a entrada de frio na divisão..

As características negativas dos convetores incluem sua baixa potência. Portanto, para aquecer um edifício, será necessário um número suficientemente grande deles, o que representa uma carga séria para a fiação. Além disso, a eficiência de tais dispositivos é baixa. Eles consomem muita eletricidade..

Aquecimento elétrico de uma casa particular

Uma espécie de convetor elétrico que é embutido diretamente no chão

prós

  • Falta de sopro de ar forçado. Mesmo na casa mais limpa, existem partículas que se depositam nas superfícies. Quando o ar quente é soprado artificialmente para fora do aquecedor, essa poeira se torna parte do ar que respiramos. A circulação natural do ar não é tão ativa, portanto, a poeira não sobe no ar..
  • Tamanho pequeno com potência suficiente. Os elementos de aquecimento dos convetores aquecem rapidamente, convertendo eletricidade em calor com uma eficiência de até 80%. Além disso, existe um sistema de operação em diferentes modos, bem como termostatos que permitem trabalhar não constantemente, mas apenas quando a temperatura do ar cai..
  • Mobilidade que permite mover o convetor ao redor da sala, para locais com entrada de frio máxima.
  • A possibilidade de criar um sistema de aquecimento utilizando exclusivamente convectores ou utilizando-os como parte de um sistema de aquecimento mais complexo.
  • O elemento de aquecimento elétrico não aquece mais de 100 graus, e o corpo – 60 graus. Possuem um maior grau de proteção contra umidade, o que possibilita o uso do convetor na cozinha e nos banheiros.

Minuses

  • As desvantagens dos convetores elétricos são a instalação de aquecedores em todos os cômodos da casa..
  • Além disso, se você ligá-los ao mesmo tempo, existe a possibilidade de ultrapassar os limites da potência permitida..

No entanto, as desvantagens podem ser transformadas em vantagens instalando um relé para ligar alternadamente os aquecedores. O relé permitirá que você crie uma temperatura estável na casa, reduza os custos de energia e fique dentro da faixa de potência permitida. Há mais um argumento a favor de um sistema de convetores – eles não falharão de uma vez. Substituir um ou dois dispositivos sem perder calor não será difícil.

Convectores elétricos

Sistemas elétricos de aquecimento por piso radiante

Seu princípio de operação é usar condutores resistivos que aquecem quando uma corrente elétrica passa por eles. Na verdade, um pavimento radiante eléctrico é um cabo de aquecimento que pode ser dois ou single-core, que determina a forma como é colocado..

Existem variedades equipadas com uma matriz semicondutora. Estes são os chamados cabos autorreguláveis ​​que podem controlar o aquecimento.

Para a disposição de um pavimento quente, pode ser utilizado um cabo de aquecimento, que é colocado directamente na betonilha. Não há outra opção de montagem para ele. Nesse caso, a mesa de cimento torna-se uma espécie de acumulador de calor..

Uma opção mais conveniente para o assentamento são as esteiras elétricas. Eles são o mesmo cabo de aquecimento, que é fixado a uma malha de fibra de vidro.

A vantagem dos tapetes é a possibilidade de não serem colocados apenas na mesa. Em alguns casos, por exemplo, sob ladrilhos de cerâmica, esse sistema pode ser aplicado diretamente na cola, cuja camada terá de ser ligeiramente aumentada..

A principal desvantagem de ambas as opções de piso de cabos é que, se uma das seções do sistema for danificada, a parte da estrutura localizada atrás dela falhará..

Aquecimento elétrico de uma casa particular

Durante a instalação, o cabo de aquecimento é colocado de modo que suas seções não toquem

As esteiras de aquecimento de haste não têm essa desvantagem. Eles são pares de condutores conectados por hastes paralelas..

O sistema funciona segundo o princípio da autorregulação do grau de aquecimento. Pisos aquecidos de qualquer tipo são equipados com um termostato que controla o aquecimento do aparelho a uma determinada temperatura, após a qual o equipamento é desligado.

A ligação automática periódica do sistema é realizada apenas para manter a temperatura definida. Este modo de operação permite economizar energia, mas esse aquecimento ainda consome muita energia..

Portanto, é mais frequentemente usado como um sistema de aquecimento adicional e para organizar zonas quentes especialmente confortáveis ​​nos quartos. Podem ser, por exemplo, áreas para as crianças brincarem ou o chão de uma casa de banho..

Aquecimento elétrico de uma casa particular

Os sistemas de haste continuam a funcionar mesmo se um dos elementos falhar.

Os tipos de piso radiante elétrico usados ​​na vida cotidiana são mostrados aqui. Para quem deseja comparar diferentes versões de sistemas, avaliar seus prós e contras, aconselhamos a leitura do conteúdo deste artigo..

Aquecedores elétricos tubulares

O calor é transferido de um aquecedor elétrico tubular para um refrigerante à base de líquido. Normalmente, água e óleo são usados ​​como um transportador de calor, às vezes é usado anticongelante. O princípio dos aquecedores é o mesmo das chaleiras elétricas, portanto também são chamados de aquecedores e radiadores a óleo. Na verdade, esta é uma caldeira colocada em um recipiente com água. A eficiência de tais dispositivos é bastante alta e as perdas de calor para aquecimento são mínimas..

Caldeira de indução

Uma caldeira de indução é um transformador com dois tipos de enrolamento. As correntes parasitas resultantes seguem o circuito em curto-circuito, que é o corpo da caldeira. Nesse caso, o enrolamento secundário recebe energia, que é convertida em calor, que aquece o refrigerante.

As caldeiras de indução aquecem rapidamente a sua casa, podem funcionar com tensões baixas e não contêm peças que avariem. A eficiência de tal caldeira é quase 100% e não depende da vida útil.

caldeira de indução

Caldeira eletrodo

Dentro da caldeira de eletrodo existem eletrodos, que funcionam como um elemento de aquecimento. O calor é gerado quando a corrente flui através do líquido. Isso significa que em caldeiras de eletrodo não há nenhum elemento de aquecimento real no qual possa se formar incrustações. A falta de calcário facilitará muito a operação.

As caldeiras a eletrodo são altamente confiáveis ​​e duram muito mais do que os aquecedores tubulares. Além disso, são pequenos, o que é muito conveniente para um pequeno edifício residencial. As desvantagens incluem altos requisitos para o fluido usado como transportador de calor. A água deve ter um tratamento especial. Muitas vezes, o anticongelante deve ser exclusivo – do desenvolvedor do dispositivo.

caldeira eletrodo

Caldeiras de indução de vórtice

Essas caldeiras são elementos de uma variedade de caldeiras de indução.

Opção de aquecimento elétrico - caldeiras de indução de vórtice

A energia elétrica é convertida em energia de alta frequência, por isso, surge um rápido aumento da tensão. Não há enrolamento secundário. Seu papel é desempenhado pelo case, que é feito de uma liga com propriedades ferrimagnéticas..

Como resultado da ação das correntes parasitas de Foucault, ocorre a reversão da magnetização, que provoca o aquecimento de todas as superfícies feromagnéticas. A eficiência é de cerca de 99%. As caldeiras deste tipo são muito pesadas. Disponível em uma ampla gama de modelos.

Benefícios ao usar caldeiras de indução

Como fluido de trabalho, tanto água quanto fluidos de baixa temperatura podem ser usados. Vida útil superior a 10 anos. O aquecimento do refrigerante ocorre rapidamente e a unidade de controle permitirá que você ajuste todo o sistema com a maior precisão possível.

Sem acumulação de calcário. A eficiência das caldeiras deste tipo é 20-30% maior do que a das caldeiras de tipos semelhantes.

desvantagens

Peso elevado, o que requer atenção especial durante a instalação. Existem reclamações sobre leve vibração durante a operação do dispositivo. Custo alto, custo mínimo de 30.000 rublos.

Custo da caldeira Vortex

Ar condicionado

Também conhecido como aquecimento elétrico de casas e apartamentos.

Segundo especialistas, os gastos com energia são insignificantes durante o funcionamento do ar condicionado, mas a instalação, manutenção e compra do equipamento em si são caras. O ajuste é bastante simples e conveniente. Usado para manter uma temperatura confortável em uma sala separada.

A principal desvantagem é que requer um serviço profissional constante..

Selecionando Painéis IR

Ao decidir como aquecer economicamente uma casa com eletricidade, você pode considerar a opção de instalar estruturas infravermelhas. Esses produtos não aquecem o ar dentro das salas, mas vários objetos. Se na versão com caldeira as massas de ar sobem e depois esfriam, neste caso os fluxos quentes são direcionados para o chão.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Projetos infravermelhos não ocupam muito espaço

Se você adicionar termostatos aos dispositivos de infravermelho, eles funcionarão com mais eficiência. Um regulador é suficiente para controlar três aquecedores. Este equipamento é econômico de usar, mas caro em termos de custos de instalação e construção. Dispositivos infravermelhos consomem uma pequena quantidade de eletricidade. Eles também distribuem o calor de forma eficiente. Eles podem ser usados ​​para aquecimento local e de zona. Mesmo depois que a estrutura é desligada, os objetos geram calor por um longo tempo.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particularA instalação de tais equipamentos pode ser feita de forma independente. O sistema infravermelho é utilizado como combustível principal e adicional. As vantagens desta opção incluem uma longa vida útil de até 80 anos..

O aquecimento da casa com eletricidade também é realizado por piso radiante infravermelho. É um remédio econômico e eficaz. Este projeto não tem medo de picos de energia inesperados e não quebra com pequenos danos. Esse dispositivo pode ser instalado sob vários pisos, exceto parquet. Os raios infravermelhos aquecem apenas objetos sólidos, portanto, quando o piso é aquecido, os próprios elementos não aquecem.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Radiadores de óleo

Este radiador é o método mais comum de aquecimento local. Há muito que é amplamente utilizado para aquecimento de divisões individuais..

Opção de aquecimento elétrico - radiadores a óleo

A eficiência de tal dispositivo é de 100%. Muito móveis, os rodízios são fornecidos em todos os modelos. Tem o formato de uma bateria de ferro fundido, devido às nervuras aumenta a área de troca de calor.

Mesmo após o desligamento, o resfriador de óleo emite calor por um longo tempo.

Ventiladores térmicos

Uma espiral de nicromo é usada como elemento de aquecimento.

Opção de aquecimento elétrico - aquecedores de ventilador

O fluxo de ar que passa pela espiral quente esquenta e é capaz de aquecer um espaço pequeno, um aposento pequeno. Não é recomendável usar este dispositivo por muito tempo, pois seca o ar.

Não pode ser usado no aquecimento de uma casa de campo, apenas localmente e não por muito tempo.

Refletores

Aquecedores deste tipo raramente são usados ​​devido à sua ineficiência..

O design é simples: várias espirais estão alojadas em tubos de quartzo. Isso cria um fluxo de calor direcionado e aquecimento de uma pequena área da sala..

Opção de aquecimento elétrico - refletor elétrico

Vantagens do convector

Na hora de escolher o aquecimento elétrico mais econômico sem caldeira, vale a pena explorar as possibilidades dos convetores. Segundo os fabricantes, o convetor, alimentado pela rede elétrica, aquece o ambiente com alta qualidade e ao mesmo tempo gasta uma pequena quantidade de energia elétrica. A principal vantagem do dispositivo é que sua instalação é simples..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Demora cerca de dois minutos para aquecer o elemento de aquecimento, o que é muito mais rápido do que aquecer com dispositivos de água. As vantagens de tais projetos incluem:

  • baixo custo do equipamento;
  • segurança contra incêndios;
  • o sistema de aquecimento não pode ser concluído imediatamente, adquirindo radiadores adicionais conforme necessário;
  • design moderno;
  • operação ininterrupta mesmo com mudanças repentinas de tensão;
  • tamanho pequeno.

Este método mantém a taxa de umidade desejada na sala e não destrói o oxigênio ao mesmo tempo. Excelentes propriedades técnicas e excelentes indicadores de potência permitem o uso de convetores elétricos para aquecimento de grandes e pequenas residências..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

O principal elemento do projeto é o elemento de aquecimento, que converte eletricidade em energia térmica. O princípio de operação é a convecção de ar. Neste caso, os fluxos resfriados penetram nas fendas da parte inferior da carcaça e saem pelas aberturas superiores. O convetor pode ser operado separadamente ou em um sistema controlado por um controlador de temperatura.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Convectores elétricos e suas variedades

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Não menos populares unidades para aquecimento elétrico de uma casa privada são os convetores com suas muitas modificações na forma de cortinas de calor, “pistolas” e aquecedores de ventilador.

As cortinas de calor não são usadas em instalações residenciais. Eles geralmente são colocados sobre portas. No momento da abertura da porta, a cortina liga-se automaticamente e não permite a entrada de ar frio na divisão.

Para a instalação, basta fixar o dispositivo acima da porta e conectá-lo à rede. Dependendo das características de um determinado projeto, a ordem de sua conexão pode ter características individuais. Portanto, certifique-se de estudar em detalhes as instruções para a cortina que você adquiriu..

Pistolas de calor em casas particulares também são usadas muito raramente, exceto para aquecimento de porões. Funcionam de acordo com um princípio extremamente simples: a unidade está ligada à rede eléctrica, o ventilador incorporado começa a bombear o ar, que passa pelo elemento de aquecimento incorporado e aquece uniformemente o espaço envolvente. Nenhuma medida especial de instalação é necessária, tudo se resume a conectar a unidade à rede.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Geralmente, os aquecedores elétricos com ventilador são usados ​​como fontes de calor adicionais. Em quartos de pequena área, podem ser usados ​​como único e principal aquecimento. O regulador embutido permite que você configure facilmente a potência necessária do ventilador e fornece um clima interno confortável.

Os modelos modernos não têm a principal desvantagem de seus antecessores – os aquecedores com ventilador não secam mais o ar. Uma vantagem adicional de tais aquecedores é a facilidade de conexão e uso – o dispositivo é simplesmente colocado em um local conveniente, conectado à rede e configurado para a energia necessária.

Uma excelente opção para um aquecedor elétrico é o uso de aquecedores elétricos a óleo. Eles têm um design atraente e combinam perfeitamente com o ambiente. Normalmente, esses aquecedores são montados sob a abertura da janela, em vez da bateria padrão, ou são colocados na lateral da porta..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Primeiro passo. Adicione marcas para instalar as montagens. Existem elementos especiais na caixa do aquecedor de óleo com os quais será pendurado nos fechos. Anexe o corpo do aquecedor ao local de instalação e marque essas coberturas.

Segunda fase. Faça furos na parede de acordo com as marcações.

Estágio três. Prenda os fixadores nos orifícios preparados. Ganchos para aquecedores suspensos geralmente são fornecidos de fábrica. Caso contrário, você terá que comprar esses produtos em uma loja de ferragens..

Estágio quatro. Conecte o aquecedor elétrico de óleo à rede e configure-o para o modo de operação desejado. Os modelos modernos podem ser equipados com sensores, graças aos quais a potência de aquecimento é regulada automaticamente. Se o seu modelo também pode funcionar em conjunto com esses sensores, instale-os de acordo com as instruções do fabricante..

Painéis de aquecimento cerâmicos

A peculiaridade dos aquecedores de cerâmica reside no contato estreito entre o aquecedor e o painel frontal (fabricado com cerâmica térmica). Esses dispositivos são aquecidos a 80-90 graus Celsius, após o que o calor acumulado é transferido para o ar da sala. Em seu espectro, esse calor é próximo ao do disco solar..

O design dos aquecedores de cerâmica é simples. Uma caixa de metal revestida com polímero é instalada por dentro. Em seguida, vem a tela reflexiva (para máxima eficiência). Em seguida, um elemento de aquecimento é instalado e um componente de cerâmica é fixado na parte frontal. É ela quem dá calor ao quarto..

40-750x649.jpg

Ao determinar o número necessário de aquecedores, é considerado 1 kW de potência por 10 “quadrados” da sala. O uso de modelos do tipo cerâmica permite reduzir o parâmetro especificado pela metade..

A prática de usar aquecedores apenas confirma a validade desta abordagem. Para evitar a carga máxima, é melhor usar não 0,5 kW, mas 0,6 kW por 10 metros quadrados de superfície. Se o teto do apartamento ou casa for superior a 2,5 m, os requisitos de energia também aumentarão..

Um exemplo de tal dispositivo é o painel de cerâmica Venezia 120 * 60. É um modelo robusto constituído por uma placa de vitrocerâmica infravermelha. Potência 750 W.

41-750x472.jpg

Vantagens – respeito ao meio ambiente, confiabilidade, praticidade de uso e capacidade de definir a temperatura necessária. A área coberta é de até 22 m². metros. Peso do modelo – 4 kg. A temperatura da superfície chega a 90 graus Celsius. Dimensões – 60 * 120 * 4 cm. O termostato e controle mecânico, elemento de aquecimento – cerâmica.

Cortinas térmicas

As cortinas térmicas são um dispositivo versátil que está pronto para proporcionar um ambiente confortável em um apartamento ou casa em qualquer clima. No verão, o produto protege do calor e no inverno do frio.

As cortinas de calor são de dois tipos – de ar ou de calor. Os primeiros protegem a sala do vazamento de massa de ar quente ou frio e os segundos fecham o fluxo de ar frio para dentro do ambiente. Uma das principais características é o custo.

54-750x486.jpg

As cortinas térmicas estão disponíveis com e sem aquecimento, bem como com abastecimento de água quente.

Além disso, os produtos diferem no tipo de elemento de aquecimento:

  1. Cerâmica – funciona em altas temperaturas, é altamente confiável.
  2. Tenova – aquece por muito tempo e em baixas temperaturas.
  3. Espiral – um elemento com alta temperatura de aquecimento.

A função da cortina de ar é separar diferentes zonas de temperatura, por exemplo, entre o freezer e a sala, a área próxima a uma janela ou porta..

A instalação é feita na vertical ou na horizontal, dependendo do tipo. Ao escolher uma opção vertical, é necessário levar em consideração os parâmetros das portas. É importante que a cortina os ultrapasse em 15-20 cm..

55-750x600.jpg

Estão disponíveis modelos industriais mais potentes que são adequados para instalação em cafés, restaurantes, escritórios, garagens ou outros espaços. Dependendo do modelo, as cortinas de ar têm diferentes funcionalidades. Mas, em geral, são práticos, multifuncionais e duráveis..

Por exemplo, considere a cortina térmica Ballu BHC-L10-S06 – um dispositivo para criar um poderoso fluxo de ar que separa várias zonas (por exemplo, a rua e o espaço na sala).

56-750x320.jpg

O modelo é utilizado para instalação em lojas, escritórios, vestíbulos, instalações residenciais, refeitórios e outros pontos.

As vantagens do Ballu BHC-L10-S06 são baixo nível de ruído, aquecimento rápido do ar, fácil conexão, tratamento anticorrosivo da caixa e termostato embutido (controla o aquecimento). Modo frio disponível (para proteção contra calor).

Opcionalmente, um dos dois modos de operação é definido. O dispositivo está equipado com um controle remoto moderno e fácil de usar.

57-750x411.jpg

Pistolas elétricas de calor

Pistolas elétricas de calor fornecem aquecimento de ar usando elementos especiais:

  1. Espiral regular, aquecida ao valor máximo.
  2. Elemento de aquecimento com alta eficiência (o recurso é eficiência máxima).
  3. Os elementos cerâmicos são elementos seguros para a saúde, que se distinguem por sua confiabilidade e respeito ao meio ambiente. Hoje eles são considerados a melhor opção dos elementos acima para aquecimento..

58-750x422.jpg

A circulação de ar é fornecida graças a ventiladores potentes, que permitem aquecer o ambiente em poucos minutos. Alguns modelos são equipados com rodas ou patins especiais, que garantem fácil movimentação ou instalação de pistolas de calor.

59-750x843.jpg

A popularidade é garantida devido à ausência de câmaras de combustão, silencioso, sem necessidade de manutenção e possibilidade de instalação sem coordenação da instalação da arma com órgão governamental.

Uma opção interessante é Ballu BHP-PE-3. É uma pistola de calor compacta e leve, caracterizada pelo aquecimento direcional e localizada em um corpo redondo.

60-750x563.jpg

O dispositivo é feito em uma caixa de aço inoxidável, com opção de ajuste de inclinação. A potência máxima é de 3 kW, o número de modos é dois. Peso – 3,7 kg. O modelo Ballu BHP-PE-3 tem pequenas dimensões – 31,5 * 24Yu5 * 25 cm Características adicionais – elemento de aquecimento, versatilidade de uso, a presença de uma chave rotativa, proteção contra superaquecimento. O aparelho é utilizado em salas com área de até 35 “metros quadrados”.

61-750x503.jpg

Convectores de ar

Ao comprar convetores de ar, é importante prestar atenção ao método de fixação. Modelos disponíveis hoje para fixação na parede ou teto, para instalação no piso, modelos rebaixados ou rodapés.

43-750x497.jpg

De um modo geral, os convetores de ar (independentemente do tipo) têm uma estrutura idêntica. A composição inclui um dispositivo de aquecimento (TEN) com nervuras especiais (melhora a transferência de calor). A temperatura é definida no regulador que liga e desliga o dispositivo.

No exterior existem aberturas para uma melhor penetração do ar quente na divisão aquecida. Neste caso, a saída de calor é realizada pelas aberturas superiores, e a entrada pela parte inferior.

44-750x469.jpg

Graças a este design, o ar funciona naturalmente, mas o movimento do fluxo de ar em si é lento. Muitos fabricantes incorporam ventiladores para melhorar a eficiência. Sua tarefa é acelerar o fluxo de ar e aumentar a velocidade de aquecimento..

Os convetores mais simples são considerados para serem montados na parede, teto e chão. No primeiro caso, basta instalar um par de ganchos para instalar o modelo selecionado.

Já os produtos para teto são fixados à superfície por meio de buchas ou parafusos autorroscantes..

45-750x608.jpg

Para fixar os convetores de ar do piso, você precisará dos mesmos fixadores, mas a fixação já é realizada no revestimento do piso.

Mais problemas surgem ao consertar modelos intra-genitais ou rodapés.

Vamos considerá-los em mais detalhes:

  • Os rodapés convectores são instalados em vez dos rodapés padrão e têm a mesma aparência. A peculiaridade é que o ar aquecido sai da parede, aquecendo-a e ao ambiente como um todo. Após atingir a temperatura desejada, o produto se transforma em um grande radiador que emite calor e mantém o regime de temperatura exigido. Mesmo depois de desligado, o convetor de ar continua a aquecer a sala, mas a desvantagem é a inércia. Demora um certo tempo para aquecer as paredes, após o qual o calor é transferido para o ar da sala. Este método de aquecimento é adequado para casas e apartamentos com residência permanente..

46-750x498.jpg

  • Os convetores embutidos são montados no chão e funcionam como os modelos convencionais. A profundidade de localização atinge 100 mm ou mais. É por isso que a instalação de dispositivos é realizada apenas na fase de trabalhos de reparação. Durante o processo de instalação, você terá que levantar o piso. O ponto positivo está no sigilo de tais aquecedores – eles são invisíveis a olho nu, mas o ambiente é quente. Esta opção é usada quando você precisa aquecer uma porta francesa ou uma grande área de vidro..

47-750x497.jpg

Um exemplo é o modelo STN NEB-M-NS 0,5 (B). Este é um eletrodoméstico de 500 W. A potência de aquecimento é de 2 kW, a área coberta é de 10 metros quadrados. Tensão de alimentação – 220 V.

48-750x441.jpg

A peculiaridade do modelo está na presença de controle eletrônico, controle de temperatura e possibilidade de instalação de programas. O elemento de aquecimento é do tipo fechado com capacidade de rede. Existem opções de proteção (proteção contra congelamento, desligamento por superaquecimento e proteção contra umidade). Dimensões do dispositivo – 75 * 45 * 9,8 cm.

49-750x548.jpg

Quando uma caldeira elétrica é a melhor solução

O gás não está disponível para todos: alguns assentamentos estão localizados muito longe da linha principal e às vezes a instalação de uma caldeira a gás não é de todo aconselhável. Por exemplo, para uma casa de campo que é aquecida várias vezes durante o inverno, não faz sentido comprar um conjunto caro de equipamento a gás.

As caldeiras de combustível sólido também têm uma série de desvantagens: é necessário adquirir e armazenar combustível, e a maioria das unidades de combustível sólido não pode operar por muito tempo, mais de 4-5 horas, com uma carga de combustível. Além disso, são inerciais e não permitem um controle preciso da temperatura. Neste caso, a caldeira eléctrica consegue resolver o problema de aquecimento de forma rápida, fiável e sem custos adicionais..

Avaliações de caldeiras elétricas para aquecimento de residências privadas

Vantagens das caldeiras elétricas para uma casa particular:

  • fácil de instalar, conectar e manter;
  • ter um alto nível de automação;
  • permitem definir com precisão a temperatura desejada;
  • trabalhe silenciosamente;
  • nenhuma conexão de chaminé necessária;
  • não requerem uma sala separada, a maioria dos modelos domésticos são montados na parede com suas próprias mãos.

Desvantagens:

  • requer conexão ao painel com um cabo separado;
  • as caldeiras com capacidade superior a 9 kW são produzidas apenas para tensão trifásica de 380 V;
  • aquecimento custa várias vezes mais devido às altas tarifas de eletricidade.

Número de contornos

Ao instalar uma caldeira de aquecimento, pode-se fornecer à casa um abastecimento ininterrupto de água quente, mas o equipamento para tal deve ser escolhido com especial cuidado. Neste caso, é necessário fazer uma escolha entre dispositivos com um ou dois circuitos. Os dispositivos de circuito único permitem organizar apenas o sistema de aquecimento, uma vez que não foram concebidos para aquecer a água que chega ao utilizador através das torneiras da cozinha ou da casa de banho. Se houver necessidade, deve-se escolher caldeiras a gás de duplo circuito. Há uma classificação separada aqui: são produzidas caldeiras a gás do tipo de parede, de piso, de fluxo direto e com grandes tanques de armazenamento..

Qual caldeira você deve escolher? Você deve primeiro decidir quais funções são exigidas do equipamento. Por exemplo, dispositivos de circuito único são capazes de fornecer um transportador de calor para um piso aquecido..

O equipamento de fluxo direto é usado quando o aquecimento quase instantâneo da água é necessário, enquanto eles bombeiam 10-15 litros por si mesmos em um minuto, aquecendo esse volume até a temperatura definida.

As caldeiras de aquecimento de circuito duplo têm tanques adicionais com uma determinada capacidade. Eles têm um volume de água já quente, mas quando fornecida, nem sempre pode estar imediatamente quente, o que leva a um consumo de líquido. Portanto, a escolha deve ser feita com base no quão econômico e eficaz o equipamento é, se ele atende totalmente a todos os requisitos de operação..

Disponibilidade de automação

Uma caldeira para aquecimento de uma casa particular deve ter automação mais complexa.

A escolha de caldeiras é um negócio responsável, é preciso estar atento à disponibilidade de automação. Deve-se destacar que qualquer tipo de equipamento é projetado para resolver um determinado número de tarefas, sua funcionalidade também será diferente

Para um apartamento na cidade, basta aquecer a água até a temperatura desejada, alguns modelos podem fornecer o refrigerante para os radiadores. A automação complexa simplesmente não é necessária aqui, uma vez que as funções da caldeira são bastante limitadas. Para essas caldeiras montadas na parede, basta ter uma ignição automática e sensores de corrente de ar. Para uma casa de campo, isso não é suficiente; para garantir alta funcionalidade e segurança, é necessário ter uma automação mais avançada.

As caldeiras com automação, que, dependendo das condições meteorológicas, permitem ajustar o nível de aquecimento, estão em primeiro lugar. Aqui estão instalados sensores de temperatura externa, indicadores de temperatura na casa. Tal sistema possibilita o uso econômico do gás, pois quando a temperatura sobe na rua e na casa, seu abastecimento simplesmente diminui ou cessa. A caldeira acende somente quando necessário, o que torna seu trabalho muito eficiente..

Freqüentemente, na primavera e no outono, surge uma situação em que ocorre um superaquecimento excessivo das instalações. Isso ocorre devido ao fato de o refrigerante ser fornecido ao sistema de aquecimento a uma temperatura constante, o que nem sempre é necessário.

Portanto, deve-se atentar para as caldeiras a gás, que possuem dispositivos especiais programáveis ​​que permitem regular o aquecimento de acordo com a programação. A automação inclui uma variedade de sensores de monitoramento, que, de acordo com os dados predefinidos e fornecem controle

É aconselhável usar tais caldeiras a gás não só para uma casa de campo, mas também para um apartamento na cidade. Ao compilar uma classificação de caldeiras, é necessário enviar tais caldeiras para os primeiros lugares como as mais eficientes e capazes de criar as condições de vida mais confortáveis. Mas esses dispositivos são muito mais caros do que outros, e isso também deve ser levado em consideração..

Ao fazer a escolha entre caldeiras de aquecimento, deve-se também levar em consideração a presença dessa automação, que permite a programação horária. Essa automação oferece uma oportunidade real de fazer configurações para literalmente cada dia da semana separadamente. Ao mesmo tempo, haverá uma diminuição durante a noite e um aumento durante o dia. Isso permite que você economize gás significativamente

Essas caldeiras a gás não são apenas eficientes, mas também econômicas, e isso é muito importante hoje. Ao comprar uma caldeira, todas as configurações são simplesmente inseridas manualmente de uma vez ou selecionadas de uma lista já instalada

Não há necessidade de controlar a temperatura, as caldeiras a gás regulam de forma independente o suprimento de gás e a temperatura do refrigerante. Tais equipamentos costumam estar no topo da classificação especial das caldeiras, não só são rentáveis ​​economicamente, mas também benéficos para a saúde, uma vez que a temperatura do ar à noite, levemente baixada para um determinado valor, tem um efeito positivo no estado geral de saúde humana..

A classificação das caldeiras a gás é uma oportunidade real para selecionar correta e rapidamente o equipamento ideal para condições específicas. De acordo com os dados especificados, é possível determinar a potência e as condições necessárias, os requisitos impostos ao próprio equipamento, se a automação é tão importante e em que condições é simplesmente impossível dispensá-la. Essas dicas ajudarão você a escolher equipamentos que funcionarão bem por muitos anos, proporcionando conforto e aconchego em sua casa..

Como otimizar o aquecimento elétrico

Para além da selecção competente de equipamento de aquecimento, um sistema de aquecimento eficiente e óptimo (em termos de custos) com electricidade só é possível com um isolamento completo da casa – da cave ao telhado. Caso contrário, o custo de aquecimento de uma casa que está sendo explodida será muito mais alto, mesmo apesar da alta eficiência do próprio aquecedor, e é improvável que o aquecimento da casa com eletricidade funcione barato..

Opções possíveis

Antes de prosseguir com a seleção do equipamento de aquecimento adequado, é necessário decidir sobre a configuração e a disposição mútua dos elementos do sistema de aquecimento. Você pode alcançar o resultado desejado de diferentes maneiras. Para aquecer uma casa de campo com eletricidade, pode ser usado

  • portador de calor intermediário. A opção envolve a instalação de um circuito de aquecimento, dentro do qual o refrigerante circula continuamente. À medida que aquece, o tubo começa a emitir calor para o espaço circundante, aquecendo gradualmente o ar até um nível ideal. Para implementar tal esquema, primeiro é desenvolvido um projeto. São calculadas as características dos elementos do futuro sistema, sua disposição espacial em relação ao outro. O local ideal para colocação é selecionado;
  • dispositivos com transferência direta de calor. Esse equipamento permite recusar a instalação de um circuito de aquecimento. O calor é transferido diretamente da fonte para a área circundante. Eles são menos inertes do que a versão anterior.

dispositivos diretos de dissipação de calor

Ao usar um refrigerante intermediário, é dada atenção especial à ordem do roteamento do tubo. Ela pode ser:

  • um e dois tubos. A última opção permite criar condições de conforto em todos os quartos ao mesmo tempo. O refrigerante aquecido é fornecido por um tubo, e o refrigerado é enviado à caldeira pelo outro;
  • horizontal ou vertical.

Atenção especial é dada ao local onde os radiadores são instalados. Devem emitir calor por completo, garantindo uma distribuição uniforme do calor por todo o espaço interior. O mais eficaz e racional é o layout, que envolve a colocação de radiadores em todo o perímetro da sala..

colocação de radiadores em todo o perímetro da sala

Que tipo de escolher

Para organizar o aquecimento da sua casa, deve levar em consideração a sua capacidade financeira, a praça geral e a área individual dos quartos. Recomenda-se escolher:

  • Um sistema de água se a área de vida for superior a 100 metros quadrados. Esta é a melhor opção para uma casa de campo;
  • Sistema de ar para organizar o aquecimento elétrico no apartamento. Esta é a opção mais conveniente e econômica para edifícios de apartamentos;
  • Sistema de aquecimento por piso radiante, se você precisar criar condições confortáveis ​​em uma sala de 10-15 quadrados.

esquema de casa

Em alguns casos, vários sistemas são usados ​​ao mesmo tempo. Um permite organizar o aquecimento principal, o segundo é utilizado como fonte adicional de calor. Para manter os custos de operação subsequente do sistema de aquecimento tão baixos quanto possível e para tornar a eletricidade mais barata, você deve:

  • Calcule cuidadosamente a potência do equipamento instalado. Deve compensar totalmente a perda de calor do próprio dispositivo;
  • Dê preferência a caldeiras com bomba de circulação embutida. Se não houver um disponível, vale a pena adquirir adicionalmente o dispositivo necessário e, em seguida, instalá-lo na linha de retorno em frente ao aquecedor;
  • Recusar a utilização de tubos com dimensões transversais superiores a 32 mm;
  • Escolha radiadores de ferro fundido. Essas baterias demoram mais para aquecer e também esfriam lentamente;
  • Fornece isolamento de alta qualidade de paredes, teto e piso em um edifício residencial.

isolamento de paredes, teto e piso

Escolhendo o sistema certo

Dependendo da área da área de estar e da qualidade do isolamento das paredes, é selecionada uma opção adequada para o aquecimento elétrico autônomo do apartamento. Se você for o proprietário de um Khrushchev de um ou dois cômodos, um sistema de piso aquecido em combinação com convetores elétricos ou painéis infravermelhos pode resolver isso. As combinações com aquecedores infravermelhos são mais lucrativas e eficientes porque a radiação de calor será direcionada de cima para baixo e todo o calor circulará para o fundo da sala. Aquecer um apartamento com convectores elétricos só é melhor porque os aparelhos não secam o ar e não têm um efeito negativo no bem-estar humano. Existem muitas análises de que os aquecedores infravermelhos com radiação constante afetam negativamente a saúde, o que é sua desvantagem..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Você pode se familiarizar com o resto das vantagens e desvantagens dos aquecedores infravermelhos no artigo correspondente. No entanto, como mostram as estatísticas, em 2017 esses dispositivos são comprados ativamente para uso doméstico.!

Quanto ao piso radiante elétrico, é realmente muito popular e eficaz. Qualquer um pode colocar um piso radiante sob um laminado, até mesmo uma chaleira em um eletricista. Além disso, apenas caminhos aquecidos no apartamento podem ser feitos com o material, e não espalhar o filme sobre toda a área do piso. Esta opção de aquecimento terá um efeito positivo na poupança de energia e, ao mesmo tempo, aquecerá eficazmente a divisão..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Se você mora em uma casa de três ou quatro cômodos, então seria mais razoável usar a conexão de aquecimento elétrico de água no apartamento. Isso se deve à grande área total de quartos, que exigirá um sistema de aquecimento potente e completo. Por exemplo, se a área for 130 sq. M., com o cálculo de 1 kW / 10 sq. M. você precisará instalar pelo menos um pacote de 13 quilowatts de aquecedores elétricos. É claro que, no inverno, você gastará muito dinheiro na operação de um sistema de aquecimento elétrico individual. Além disso, para usar esta opção, a fiação deve ser potente, capaz de suportar altas cargas de corrente. Nesse caso, você não pode prescindir da troca da fiação elétrica do apartamento, que, mais uma vez, atingirá seu orçamento. Ao mesmo tempo, se utilizar radiadores de água movidos a caldeira eléctrica, o aquecimento será autónomo e menos oneroso, o que permitirá “matar dois coelhos com uma cajadada”..

Qual opção é melhor ignorar

Falamos sobre sistemas baratos e eficientes para aquecimento econômico de uma casa particular, mas também gostaria de apontar as opções mais caras que precisam ser contornadas. O topo da classificação é ocupado por resfriadores de óleo. Todos são conhecidos por sua alta potência, portanto, ao trabalhar no inverno, você pode ver um aumento notável no consumo de eletricidade..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Não apenas esses produtos têm alta potência, mas também sua eficiência de aquecimento é muito fraca. Por exemplo, um painel infravermelho com as mesmas dimensões e a mesma potência fará com que a casa esquente mais rápido, então é melhor você dar preferência a ele..

Além disso, o aquecedor infravermelho é instalado no teto ou na parede, portanto não ocupa espaço livre, o que não se pode dizer dos radiadores elétricos..

Outra opção não recomendada são os aquecedores com ventilador. Esses aparelhos não apenas queimam oxigênio, mas também “conduzem poeira”, além de serem barulhentos. A eficiência de seu uso não é muito alta, pois entre o teto e o chão, a temperatura pode diferir em vários graus, apesar do fato de a potência dos produtos ser alta (a partir de 1,5 kW)

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Características da fiação de dois tubos do circuito

O sistema de dois tubos é apresentado em várias variedades. Eles têm um esquema diferente para conectar baterias de aquecimento em uma casa particular, e o vetor de movimento do refrigerante.

Em pequenas casas particulares, os seguintes tipos de sistemas de aquecimento de dois tubos são usados:

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Breves características dos sistemas de dois tubos

Sistema sem saída – toda a rede de dutos consiste em dois braços (ramais), um é fornecido e o outro braço é o retorno do refrigerante. O movimento da água ocorre em direções opostas.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Um sistema de passagem de dois tubos – o braço reverso serve como uma continuação do braço de abastecimento (ramal), ou seja, o sistema é em loop. Esse esquema para conectar o aquecimento em uma casa particular é merecidamente popular..

Coletor – o diagrama de fiação mais caro para aquecimento de uma casa particular devido à necessidade de colocar tubos em cada bateria, e sua colocação é feita de forma oculta.

Sistema aberto de dois tubos “gravitacional”

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Considere o aquecimento introduzido em uma casa particular com nossas próprias mãos, um circuito aberto de dois tubos é selecionado e um tanque aberto é instalado no ponto superior do circuito. A cabeça, que determina a velocidade do movimento do fluido no sistema de “gravidade”, depende da altura da subida do tanque. A principal vantagem de um sistema de dois tubos é que a água entra nos radiadores na mesma temperatura, e a separação clara dos dutos em linhas de fornecimento e retorno facilita a automação do controle.

Para a operação bem-sucedida do sistema de “gravidade” durante a instalação, é fornecida uma inclinação de 3-5 mm / m. Devido à gravidade, um sistema de aquecimento de qualquer tipo pode funcionar, se as condições necessárias forem criadas – a inclinação das linhas de abastecimento de refrigerante para a circulação natural. Deve-se ter em mente – o sistema de “gravidade” é capaz de funcionar apenas com um tanque de expansão aberto.

Sistema fechado de dois tubos

O aquecimento a vapor é instalado em uma casa particular, o esquema é selecionado fechado, e seu tipo depende do número de andares do edifício. Se a casa for térrea, então dois ramos do oleoduto são colocados – o fornecimento e o “retorno”, e dispositivos de aquecimento já estão conectados a eles em paralelo.

E para montar o aquecimento de uma casa particular de dois andares com suas próprias mãos, os diagramas de fiação devem conter o número necessário de ramais de abastecimento de líquido. Uma filial do coletor deve abastecer as baterias do andar superior, a segunda ramal abastece as baterias do andar inferior. A água que abandonou o seu calor é devolvida à caldeira através do “retorno”. Um sistema fechado deve ter uma bomba de circulação para criar pressão.

Equipamento adequado para condições específicas

Em primeiro lugar, é preciso dizer que para cada caso específico, é necessário escolher o sistema de aquecimento elétrico adequado para a casa de veraneio. Tudo depende de quantas vezes você visita a casa de campo e para que fins ela foi construída com você. Vamos considerar cada uma das situações existentes com mais detalhes..

Visita rara

Se você visita uma casa de campo de verão muito raramente, especialmente no inverno, então é claro que não faz sentido realizar a instalação de um sistema de aquecimento principal no país com suas próprias mãos. Aqui é recomendado o uso de conexão de convetores elétricos, ventiladores ou radiadores a óleo. Os convetores podem ser montados na parede, no chão ou montados em rodízios. Cada tipo de construção tem suas próprias vantagens e desvantagens. Recomendamos que se familiarize imediatamente com as dicas para a escolha de um convetor elétrico, a fim de adquirir o modelo mais adequado para aquecer uma casa de verão..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Já os termoventiladores e os aquecedores a óleo permitem que você aqueça o ambiente no menor tempo possível, que é exatamente o que você precisa numa rara visita ao país..

Escapadela de fim de semana

Se a casa de campo é representada por um edifício de capital isolado, já faz sentido fazer você mesmo um aquecimento elétrico melhor da casa de campo. O melhor de tudo, neste caso, é recomendado um piso quente, o que permite aquecer o ambiente em um curto período de tempo e manter uma certa temperatura em casa tanto quanto você precisa.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

O aquecimento por piso radiante por si só pode não ser suficiente se decidir fazer aquecimento eléctrico numa casa de campo com uma área de 100 m2 ou mais. Nesse caso, é recomendável complementar o sistema conectando aquecedores infravermelhos de alta eficiência e consumo de energia relativamente baixo. Uma combinação de piso radiante e painéis infravermelhos, conforme mostrado no diagrama estrutural acima, permitirá que você aqueça de forma rápida e econômica sua casa de campo para uma escapadela de fim de semana no inverno.

Visita frequente

Bem, a última opção, que é a menos comum, é uma casa de campo onde os proprietários passam boa parte do tempo. Nessas condições, é necessário cuidar de um aquecimento de alta qualidade e, se não houver gás no país, certifique-se de fazer o aquecimento elétrico com as próprias mãos..

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Não é mais racional usar equipamentos com alto consumo de energia – ventiladores e aquecedores a óleo. Uma solução mais competente seria conectar uma caldeira elétrica funcionando em conjunto com radiadores de água.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Além disso, recomenda-se a ligação de um pavimento radiante eléctrico nos quartos e, se necessário, instalar painéis de infravermelhos no tecto controlados por reguladores de temperatura. Esse sistema de aquecimento para uma residência de verão não requer a instalação de uma chaminé, obtendo várias autorizações e chamando um mestre para a instalação, o que o torna o melhor na ausência de gás no local.

De imediato, recomendamos assistir a um vídeo com uma visão geral do sistema de aquecimento elétrico moderno, que em um curto período de tempo ganhou muitas críticas positivas na Internet:

Revisão de vídeo de um sistema de aquecimento econômico para uma grande casa de campo

Dispositivo de sistema convector

Uma das formas populares de equipar o aquecimento de uma casa particular com eletricidade pode ser considerada o uso de convetores, dispositivos que utilizam a convecção de ar em seus trabalhos..

O dispositivo e o princípio de operação do convetor

Elementos de aquecimento controlados por um termostato são integrados ao corpo de metal do aquecedor. Cada um deles é um condutor de alta resistência colocado em uma bainha de cerâmica, hermeticamente selada em uma caixa de alumínio ou aço. Este design do dispositivo permite aumentar a área de interação com o ar e aquecê-lo de forma eficiente. A temperatura de trabalho dos elementos de aquecimento varia de 100 a 60C.

Os convetores dependem do fornecimento de energia elétrica, o que faz com que seus proprietários pensem na disponibilidade de um sistema de aquecimento alternativo em caso de acidente

Depois de ligar o convetor, inicia o aquecimento dos elementos de aquecimento. De acordo com as leis físicas, o ar resfriado desce. Aqui entra pela grelha inferior para o interior da estrutura e passa pelos elementos de aquecimento, aquecendo gradualmente e subindo. Lá ele esfria gradualmente e desce novamente. O processo é repetido várias vezes, permitindo que você crie uma temperatura ambiente confortável. Se necessário, ventiladores podem ser usados ​​para acelerar a convecção natural..

As características de design dos convetores determinam suas principais desvantagens, incluindo o aquecimento desigual do ar. A temperatura perto do próprio piso permanece mais baixa do que abaixo do teto, o que, no entanto, também é característico do aquecimento de água. Outro “menos” – as correntes circulantes levantam poeira, que está inevitavelmente presente em todas as casas. Hoje, são produzidos modelos praticamente desprovidos desse inconveniente..

Cálculo do número necessário de convetores para aquecimento

O número e a potência dos dispositivos necessários para equipar o aquecimento de uma casa de campo com eletricidade são calculados com base no volume da sala em que serão instalados.

Primeiro, o valor médio da potência necessária para aquecer 1 metro cúbico é selecionado. Valores médios para instalações:

  • com bom isolamento térmico que atende aos padrões de economia de energia dos países escandinavos – 20 W por metro cúbico. m;
  • com tectos, paredes e janelas com vidros duplos isolados – 30 W por metro cúbico m;
  • com isolamento insuficiente – 40 W por cu. m;
  • com isolamento insuficiente – 50 W por cu. m.

Com base nesses valores, a energia necessária para aquecer o ambiente é determinada e o número necessário de dispositivos para aquecimento é selecionado.

É muito importante fazer os cálculos corretamente. A prática mostra que mesmo o aquecimento elétrico de uma casa de madeira é absolutamente seguro, desde que o equipamento seja corretamente selecionado e sua instalação seja de alta qualidade.

Os convetores são eficazes, mas estão longe de ser a única opção para dispositivos de aquecimento ambiente movidos a eletricidade. Uma variedade de sistemas de aquecimento eléctrico doméstico permite escolher a opção mais adequada, que irá garantir um aquecimento eficiente e seguro da sua casa..

Instalação do sistema de aquecimento

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

É possível resolver positivamente o problema – como fazer o aquecimento numa casa privada o seu esquema é dado acima, se seguir certas regras e sequência de trabalho. O trabalho de instalação começa com a instalação e posterior tubulação da caldeira. Caldeiras a gás com potência até 60 kW estão instaladas na cozinha. Todas as regras para instalação de caldeiras são detalhadas nas instruções para eles..

Tubulação da caldeira de aquecimento – o processo de conexão do equipamento necessário.

Instalação de aquecimento elétrico em casa particular

Existem duas maneiras de montar um circuito de aquecimento a partir de tubos de gás-água (metal) – soldando e usando conexões roscadas. Obviamente, o método de soldagem pode criar um sistema rapidamente, mas ele será indissociável. Ao conectar os tubos do sistema com conexões roscadas, você pode facilmente alterar a configuração a qualquer momento ou substituir qualquer seção da linha. Uma atenção particular, com quaisquer métodos de instalação, requer um diagrama de conexão para radiadores de aquecimento em uma casa particular, e deve ser desenhado e calculado com antecedência.

Regras e requisitos de instalação

Caldeira eletrica em casa

As caldeiras elétricas são compactas, requerem um mínimo de tubulação e possuem um design moderno, o que permite que sejam instaladas em qualquer lugar.

Todos os requisitos gerais são descritos no PUE (7ª edição). Caldeiras elétricas com capacidade de até 10 kW não requerem aprovação dos serviços Energonadzor. No entanto, se quiser instalar um medidor que diferencie o consumo de eletricidade por zonas do dia, o que recomendamos para poupar dinheiro, ainda tem que coordenar a instalação. Para caldeiras com capacidade superior a 6 kW, é necessária uma fonte de alimentação trifásica (380 V), os modelos de 8-12 kW podem operar a partir de uma rede monofásica (220 V), mas não fornecerá operação total potência.

A escolha do local de instalação de uma caldeira elétrica é mais ampla do que a de gás ou combustível sólido. As caldeiras elétricas podem ser instaladas em uma área residencial, por exemplo, um corredor, corredor ou cozinha, mas lembre-se que em qualquer caso, é necessário puxar a tubulação, fiação, aterramento e outras comunicações para ele. É proibida a instalação de caldeira elétrica no banheiro e no lavabo..

Os requisitos para a superfície de montagem também são mínimos, também pode ser uma parede de madeira, mas neste caso, você precisa isolar o local de montagem com uma camada de material não combustível (papelão de basalto, folha de xileno).

Placa de minerita refratária para caldeira

Placa de proteção à prova de fogo ao instalar uma caldeira elétrica em uma superfície de madeira.

Além disso, os fabricantes impõem requisitos sobre o espaço ao redor da caldeira elétrica, que são necessários para garantir a manutenção e o reparo. Os valores variam conforme o modelo, portanto, antes de planejar o local de instalação e tubulação, é necessário consultá-los nas instruções de operação. Normalmente este:

  • de 0,7 m acima da caldeira;
  • de 0,5 m nas laterais (incluindo até o duto) e abaixo;
  • de 0,7 m na frente da caldeira;
  • pelo menos 3 cm entre a parede e a caldeira.

Por exemplo, o conhecido Bosch Tronic Heat 3500 requer apenas 0,6 m do fundo e 0,2 m dos outros lados. Quaisquer outros requisitos adicionais para a instalação são sempre descritos nas instruções de operação, em quase todos os casos podem ser encontrados em formato eletrônico.

Esquemas de aquecimento para uma casa privada com uma caldeira elétrica

Circuito de aquecimento com caldeira elétrica de elemento de aquecimento

O esquema de aquecimento mais simples para uma casa privada com circulação forçada de um elemento de aquecimento com caldeira eléctrica monobloco, que já possui um tanque de expansão, uma bomba de circulação, uma válvula de segurança e um respiradouro.Circuito de aquecimento com caldeira elétrica

Esquema de aquecimento de uma casa particular com caldeira elétrica simples que não possui tanque de expansão e bomba de circulação.Caldeira elétrica em conjunto com um tanque tampão

Um diagrama simplificado do uso de uma caldeira elétrica como um equipamento de aquecimento de backup em conjunto com a caldeira principal e um tanque tampão. A caldeira elétrica pode ser utilizada durante a zona noturna do dia com tarifas reduzidas, e durante o dia o tanque tampão emitirá por muito tempo o calor acumulado..Sistema de aquecimento com caldeira elétrica de circuito duplo

Diagrama de fiação para uma caldeira elétrica de circuito duplo.Diagrama de conexão de um piso aquecido a uma caldeira elétrica

Esquema de aquecimento com caldeira elétrica e piso radiante. Os coletores hidráulicos são usados ​​para separar pisos quentes em vários circuitos..

Conexão com outras caldeiras e armazenamento de calor

Para conectar um gerador de calor elétrico a uma caldeira de combustível sólido, use um circuito com duas válvulas de retenção, um termostato suspenso e um controlador de temperatura ambiente. Esta opção de conexão fornece “pickup” automático do sistema de resfriamento pela caldeira elétrica após a queima da lenha.

Conectando o gerador de calor com outra caldeira

As válvulas de retenção evitam que o refrigerante flua para o circuito adjacente e se mova na direção oposta

O algoritmo do circuito é semelhante a este:

  1. A caldeira TT atua como a principal, o aparelho elétrico está em modo de espera.
  2. Quando uma porção de lenha ou carvão queima, a temperatura do ar no prédio começa a cair. Quando resfriado a um limite definido pelo usuário, o termostato da sala liga o aquecedor elétrico.
  3. Um termostato suspenso detecta uma queda na temperatura no fluxo de retorno de uma caldeira de combustível sólido e desliga sua bomba.
  4. Depois de colocar lenha na fornalha, o aquecimento é retomado, o termostato inicia a circulação forçada. Com a ajuda de um sensor próprio, a caldeira elétrica “vê” o refrigerante aquecido e não liga até o próximo comando do termostato. Mais detalhes sobre o princípio de trabalho são descritos por um especialista no seguinte vídeo:

Observação. O método de tubulação também é adequado para outros tipos de caldeiras – gás, diesel e assim por diante. Considere uma nuance: o aquecedor elétrico é usado aqui como uma fonte de calor de backup.

A conexão com o tanque pulmão, mostrado no próximo diagrama, também permite combinar várias fontes de calor e acumular uma quantidade suficiente de energia no tanque. O acumulador de calor é muito útil numa situação em que o aquecedor elétrico funciona à noite, com uma tarifa barata. Durante o dia, o aparelho fica inativo e o prédio é aquecido pelo calor do tanque tampão.

Acoplando uma caldeira elétrica com um acumulador de calor

Neste esquema, você pode organizar o funcionamento do aquecedor elétrico em uma programação usando um temporizador

A tarefa da unidade misturadora com válvula de três vias é abastecer os radiadores com água na temperatura exigida, pois o acumulador de calor é “carregado” a 80-90 ° C. Se as salas estiverem equipadas com circuitos de água para aquecimento de piso, uma segunda unidade de mistura é feita para eles, que prepara o refrigerante com uma temperatura de 35-45 ° C (máximo – 50 ° C).

Esquemas de água quente

Você pode obter água quente da caldeira elétrica para as necessidades domésticas de duas maneiras:

  • adquirir e fornecer uma unidade de aquecimento de circuito duplo;
  • conectar uma caldeira de aquecimento indireto a uma caldeira de circuito único.

No primeiro caso, o dispositivo é conectado de acordo com o esquema típico mostrado na foto. Há um mínimo de dificuldades aqui, o principal é montar corretamente as válvulas de corte.

Tubulação do aquecedor elétrico de circuito duplo

Para facilitar a limpeza, os coletores de lama devem estar na posição horizontal.

A tubagem para a caldeira de aquecimento indirecto é efectuada através de uma válvula solenóide de comutação de três vias. Ao comando de um termostato embutido no tanque de armazenamento, o elemento muda o fluxo do refrigerante para água de aquecimento para abastecimento de água quente ou radiadores de aquecimento. Carregamento da caldeira em prioridade: até que o tanque aqueça até a temperatura definida, a rede do radiador não receberá calor.

Conexão indireta do tanque de aquecimento

No caso de uma unidade de indução ou eletrodo, um termostato de imersão é conectado aos contatos do termostato

Um ponto importante. Por este motivo, a seleção da potência do gerador de calor desempenha um papel importante. Se não for suficiente, o aquecimento do tanque demorará muito, o ar ambiente terá tempo de esfriar. Para obter mais informações sobre o funcionamento do sistema, consulte o vídeo de treinamento.

Embora o enredo trate da acoplagem de um aquecedor de água com uma caldeira a gás de parede, a essência não muda – o aquecedor elétrico é conectado da mesma forma.

Conexão elétrica

Os circuitos de alimentação são iguais para todas as caldeiras elétricas, a diferença está apenas no número de fases. Dispositivos com capacidade de até 12 kW são conectados a uma rede monofásica de 220 V, mais de 12 kW – a uma trifásica (380 V). O que você precisa para a instalação:

  • cabo de alimentação com condutores de cobre;
  • disjuntor diferencial ou um monte de RCD + disjuntor convencional;
  • loop de terra.

Alimentando a unidade com uma tensão de 220 volts

Como linha de energia, um cabo VVG de qualquer tipo é usado, o número de núcleos depende do número de fases – 3 ou 5. Selecione a seção da parte condutora de corrente de acordo com a potência do gerador de calor, geralmente este parâmetro é indicado nas instruções de operação do produto. Para simplificar a tarefa, apresentamos os dados para diferentes caldeiras na forma de uma tabela..

Como escolher a seção transversal do cabo de alimentação - mesa

A classificação da máquina diferencial também depende do consumo de energia do aquecedor, a corrente operacional é 30 mA. Por exemplo, para proteger a linha de alimentação de uma unidade de 3 kW (220 volts), você precisará de um dispositivo projetado para 16 A, para uma potência de 16 kW (380 V), é necessário um difavtomat de 32 A. As classificações exatas são indicado no passaporte do produto..

Para conectar de forma independente uma sala de mini-caldeira montada na parede, é necessário remover o painel frontal, conduzir o cabo de alimentação para dentro e conectar os condutores das cores correspondentes aos terminais do bloco de terminais. Via de regra, o fio neutro é indicado em azul, o fio terra é verde-amarelo. A caixa de controle da caldeira de indução e eletrodo é conectada da mesma forma..

Alimentando a unidade com uma tensão de 380 V

As ligações elétricas entre o quadro de comando e o bloco de aquecimento do eletrodo ou caldeira de indução são feitas de acordo com o esquema individual apresentado nas instruções. Como exemplo, daremos o diagrama de conexão da popular caldeira elétrica “Galan”.

Esquema de automação de aquecedor elétrico

Esquema de automação para uma rede monofásica de 220 V

A temperatura do refrigerante é monitorada aqui por sensores suspensos instalados nas seções de metal dos dutos de alimentação e retorno. Os dispositivos são conectados em série com os contatos do relé térmico que controla a partida magnética. Quando o limite superior de temperatura é atingido, o circuito é interrompido e o motor de partida desliga o aquecimento.

Como alimentar um aquecedor elétrico a partir de uma rede de 380 volts

Diagrama de conexão para conectar a caldeira a uma rede 380 V trifásica

Como fazer aterramento

Colocar um loop de aterramento perto de uma casa particular é um negócio simples e muito útil do ponto de vista da segurança elétrica. Para instalação, encontre 3 hastes de aço Ø16 mm, 2 m de comprimento e uma tira com seção de 40 x 5 mm.

Tendo recuado 3 m da parede do edifício, providencie o aterramento de acordo com as instruções passo a passo:

  1. Marque um triângulo com lados de 2 m no chão e cave um buraco a uma profundidade de 50 cm.
  2. Afie as pontas das hastes com uma lixa ou moedor, fixe nos vértices do triângulo e cravem no chão em toda a extensão.

    Instalação de condutores de aterramento perto de uma casa particular

    Um monte de condutores de aterramento (à esquerda na foto) e colocando o ônibus dentro de casa (à direita)

  3. No poço, as extremidades salientes das hastes são conectadas com segurança a uma tira por soldagem.
  4. Faça um trilho de alimentação de uma tira soldando-o ao contorno e prendendo-o à base. Pegue um parafuso nele, aparafuse o barramento de cobre e conduza a chave de aterramento para dentro da casa, conectando-a à caixa de metal do painel elétrico.

No final, trate as costuras de solda e a seção acima do solo da tira com betume, enterre o orifício. Para mais informações sobre o dispositivo de aterramento para caldeiras elétricas e eletrodomésticos, veja o vídeo:

Instalação de caldeira

Se uma caldeira elétrica for usada para aquecimento elétrico em uma casa de madeira, deve-se primeiro decidir o local de instalação. A escolha do local depende do modelo de aquecedor selecionado e de suas características. Os modelos de duplo circuito permitem não só aquecer a sala, mas também organizar o abastecimento de água quente. A sua instalação é efectuada de forma a que não haja dificuldades de ligação à água. Na maioria das vezes, um banheiro ou cozinha é escolhido para essa finalidade..

Após a seleção do local de instalação do aquecedor, é traçado um diagrama detalhado, no qual é determinada a posição de cada elemento do sistema. Em seguida, são instaladas as blindagens, que serão utilizadas para acomodar as máquinas. Cada sala deve ter sua própria máquina automática para proteger o sistema de fatores negativos. A cablagem é efectuada tendo em consideração a localização da caldeira e outros dispositivos. O equipamento que será utilizado para aquecimento está sendo instalado. Todos os elementos do sistema estão interligados. Sua localização espacial e desempenho são monitorados.

Instalação de caldeira

Uma execução de teste está em andamento. Se necessário, as deficiências existentes são eliminadas e os modos de operação ideais são definidos para criar condições confortáveis ​​na sala. Se tudo foi feito corretamente, a sala deve aquecer rapidamente. O aquecimento até a temperatura ideal pode ser executado no modo máximo. Então, a intensidade do fluxo de calor pode ser ligeiramente reduzida.

Montagem da caldeira elétrica na parede

  1. Limpe a parede de poeira e sujeira.
  2. Kit de montagem: placa de montagem articulada, buchas e parafusos, geralmente incluídos com a caldeira. Algoritmo para tarugos de torção
  3. Faça marcações na parede de acordo com a faixa de fixação e faça os furos correspondentes ao diâmetro das buchas (geralmente Ø 10 mm), insira as buchas nos orifícios.
  4. Pendure a caldeira nos ganchos roscados e, em seguida, aperte os parafusos.

Dependendo do modelo, os fechos podem variar ligeiramente. Ao instalar os modelos Protherm Skat, você precisa fixar a placa de montagem e, em seguida, simplesmente pendurar a caldeira nela.

Organização da cintagem

Caldeira eletrica em casa

Para caldeiras elétricas de elementos de aquecimento em caixa monobloco, que já possuem todos os elementos de sistema necessários, basta levar as linhas de alimentação e retorno aos tubos de derivação correspondentes. Para a linha de retorno através da torneira de make-up, é necessário trazer a partida de água para dentro do sistema.

Para caldeiras de elementos de aquecimento simples sem bomba de circulação e tanque de expansão, todos os elementos são conectados de acordo com um dos diagramas dados acima.

  1. Primeiro, um coletor hidráulico e um tanque de expansão são montados em suportes especiais..
  2. Além disso, de acordo com o diagrama, a tubulação é colocada com uma bomba de circulação, filtro, grupo de segurança instalado neles.

Os diagramas das tubagens da caldeira eléctrica não apresentam todas as válvulas de corte, que é aconselhável instalar antes e depois de cada elemento da tubagem, para que em caso de avaria possa ser substituída sem escoar a água de todo o aquecimento sistema. Para confiabilidade estrutural, prenda as seções oscilantes à parede com arneses. Recomenda-se que todas as conexões roscadas sejam realizadas com fita de vedação..

Fornecimento de fiação elétrica e conexão de uma caldeira elétrica a ela

As caldeiras elétricas têm alta potência e apenas modelos de baixa potência até 3,5 kW, normalmente usados ​​em apartamentos, podem ser conectados à tomada. Em outros casos, a conexão é realizada exclusivamente de forma direta.

A caldeira é conectada à rede elétrica através de um disjuntor diferencial ou um disjuntor RCD + (1 interruptor para cada fase). O cabo de alimentação deve ter seção transversal suficiente, que pode ser calculada, por exemplo, com base na potência da caldeira elétrica.

Seção do cabo, mm2

Condutores de cobre, kW Condutores de alumínio, kW
220 V 380 V 220 V 380 V
1,5 3,3 5,7
2.0 4,1 7,2 3,0 5,3
2,5 4,6 7,9 3,5 6,0
4,0 5,9 dez 4,6 7,9
6,0 7,4 12 5,7 9,8
10,0 onze 19 8,3 14,0
16,0 17 trinta 12 20,0

Assim, com uma caldeira elétrica com potência de 18 kW (rede trifásica) e utilizando um cabo com condutores de cobre, sua seção deve ser de 10 mm2 (de acordo com a PUE, a carga admissível é de até 19 kW). Normalmente, os valores exatos da seção transversal do cabo e as classificações são indicados no passaporte da caldeira elétrica.

Seção transversal e classificação do fio para Protherm Skat

Exemplo de uma tabela do manual de instruções Protherm Skat 9KR 13.

O diagrama de ligação elétrica em si é o mesmo para todas as caldeiras elétricas, a diferença está apenas no número de fases.

Quando conectado a uma fonte de alimentação monofásica, basta conectar a fase a qualquer um dos contatos (U, V ou W). Ao conectar a caldeira elétrica a uma fonte de alimentação trifásica (380 V), remova o jumper (veja o diagrama) e conecte uma fase a cada um dos 3 contatos. Zero e terra (N e PE, respectivamente) em cada um dos casos são conectados da mesma maneira.

Conexão elétrica de uma caldeira elétrica trifásica

Um exemplo de um bloco de contato Protherm Skat, a conexão vai para uma rede elétrica trifásica.

Também recomendamos conectar uma caldeira elétrica através de um estabilizador de tensão, pois a falha de automação devido a picos de tensão em nossas condições é um problema frequente..

Diagrama de conexão da caldeira elétrica através de um iniciador magnético

Conectando a automação da caldeira elétrica através de uma partida magnética.

Aterramento

As instalações elétricas de alta potência, que incluem caldeiras elétricas domésticas, requerem um aterramento de alta qualidade em conformidade com todas as normas e requisitos. Um fio com a seção necessária deve ir do corpo da caldeira ao quadro interno de aterramento, se já estiver organizado, ou diretamente aos eletrodos cravados no solo, se não houver aterramento em casa de campo.

A parte externa da proteção deve estar localizada em um local onde seja garantido que ninguém estará no momento da quebra da rede elétrica, mas de preferência a não mais de 1 metro da fundação da casa.

Requisitos de aterramento da caldeira elétrica

Ordem de serviço:

  1. Cave um triângulo com uma pá e aproxime-se dele com uma profundidade de 0,5-0,7 m, o comprimento dos lados do triângulo é 1,2 m. Aterramento em uma casa particular

    A foto mostra um exemplo de uma trincheira e uma estrutura de aterramento pronta.

  2. Afie com um amolador e martele no solo ao longo dos vértices dos condutores de aterramento verticais do triângulo – cantos de metal 50 * 50 2,1-2,2 metros de comprimento. Eles só devem ficar um pouco fora do solo para que, no futuro, as placas de aterramento horizontais possam ser soldadas a eles..
  3. Formando os lados do triângulo, soldar 3 tiras de metal de 1,2 m de comprimento, 4 cm de largura e pelo menos 4 cm de espessura aos eletrodos verticais.
  4. Solde até o ápice mais próximo do triângulo e desenhe uma tira de aço inoxidável ao longo da vala até a fundação da casa 4) * 4 mm.
  5. Conecte o fio terra proveniente do quadro de distribuição ou do corpo da caldeira elétrica com uma conexão de parafuso.
  6. Cubra a estrutura com terra.

Teste de caldeira

  1. Verifique o isolamento de todos os fios, a confiabilidade dos acoplamentos, torneiras e juntas de tubos.
  2. Deixe a água correr para o sistema de aquecimento através da torneira de reposição, abrindo a válvula não totalmente para que a água seja puxada a uma pressão mais baixa.
  3. Purgue o ar através da ventilação de ar, alguns modelos têm uma ventilação de ar automática.
  4. Verifique a pressão no sistema usando um manômetro, os valores nominais exatos são indicados no passaporte da caldeira elétrica, geralmente 1,3-2,0 bar em modo de operação e 1,0-1,3 bar com a caldeira desligada.

Não se esqueça que de acordo com as instruções da maioria dos fabricantes, a conexão e o comissionamento devem ser realizados apenas por especialistas certificados, caso contrário a garantia não será completa.

Nós de trabalho

Para completar o sistema de aquecimento de uma casa de campo ou casa de verão, serão necessários dispositivos de aquecimento. Eles são divididos em tipos por tamanho, design, local de instalação, material de execução. Os principais tipos de dispositivos de aquecimento:

  • Radiadores em modelos de aço, alumínio, ferro fundido e bimetálicos. Normalmente instalado em todos os cômodos sob as janelas.
  • Convectores de chão. Se a casa tiver grandes janelas panorâmicas, esses dispositivos são instalados diretamente no chão. Com a ajuda deles, você pode manter uma temperatura confortável em casa, independentemente do tempo fora da janela..
  • Convectores de rodapé. Bem adequado para aquecer pequenos espaços onde um radiador montado na parede ocuparia muito espaço.

Para que o calor seja distribuído uniformemente pelos tubos, é necessária uma bomba de circulação. Sem ele, o aquecimento elétrico simplesmente não funciona..

A bomba é selecionada em termos de potência, levando em consideração:

  • o volume do refrigerante no sistema;
  • o número de radiadores;
  • diagramas de roteamento de tubos.

Na venda você encontra bombas com a função de mudar a velocidade de movimento do refrigerante. Um elemento essencial do sistema de aquecimento é o tanque de expansão. Suas funções incluem a remoção temporária do excesso de refrigerante e a equalização da pressão nos tubos. Existem dois tipos de tanques de expansão: abertos e fechados.

Tanques de expansão abertos

Os tanques abertos têm um design simples. Este é um recipiente de metal com a parte superior aberta incluído no sistema. Os tanques abertos têm uma desvantagem significativa: o líquido do recipiente evapora no ar, você deve monitorar seu nível e preencher regularmente a deficiência. Tanques de expansão de tipo fechado são considerados mais convenientes..

Tanques de expansão fechados

Possuem corpo lacrado, dividido em duas partes por uma membrana elástica. Na parte superior do tanque existe um gás de baixa pressão. Quando a água se expande devido ao aquecimento, ela entra no tanque. Assim que a pressão no sistema é normalizada, o líquido retorna.

Os tubos são um dos elementos-chave do aquecimento. Devem ter a seção desejada, que é calculada com base no tipo e número de aparelhos de aquecimento, área e número de andares da casa.

O mercado de construção oferece três tipos de tubos:

Metálico

São tubos feitos de ferro, cobre, liga e aço inoxidável. Normalmente usado em sistemas de aquecimento a vapor.

Polímero

Esta categoria inclui produtos de plástico e polipropileno. Tubos feitos de material leve e durável são a melhor opção para distribuição de aquecimento de água quente.

Composto

Tubos de metal-plástico são usados ​​para conectar dispositivos de aquecimento do coletor.

Dependendo do material de união dos tubos, são utilizadas conexões soldadas, roscadas, aparafusadas e flangeadas. Portanto, além de tubos para instalação de aquecimento, serão necessários acessórios de diferentes tipos e tamanhos..

O procedimento para a montagem de uma caldeira com elementos de aquecimento com suas próprias mãos

Antes de fazer uma caldeira elétrica com as próprias mãos, deve-se cuidar da disponibilidade de uma linha de energia confiável. Somente equipamentos com capacidade não superior a 6 kW podem ser conectados a redes comuns com tensão de 220 V e frequência de 50 Hz. Se uma caldeira mais potente for necessária, uma fiação trifásica e uma entrada separada devem ser feitas para ela..

Assim, iniciamos a montagem de uma caldeira de aquecimento elétrico artesanal a partir de um tubo com seção transversal de 159 mm e espessura de parede de 10 mm. Este tubo servirá como tambor da caldeira. Para isso, você precisará de um hemisfério feito de fábrica com uma seção de 159 mm e uma espessura de 10 mm, ou uma chapa de metal com uma espessura de 8 mm de uma seção semelhante.

Caldeira elétrica para casa: como fazer um diagrama de instalação - o princípio de funcionamento

A cobertura da caldeira, na qual serão posteriormente embutidos os elementos de aquecimento, pode ser constituída por um canal com espessura de 8 mm.

Cortamos uma manga de ¾ polegada na cúpula da caldeira. Vamos aparafusar a válvula de drenagem nesta manga. Além disso, você precisará de 2 tubos de 1 polegada para entrada e retorno. As roscas nos tubos ramificados podem ser feitas tanto internas como externas. Tudo depende de qual é mais conveniente para você trabalhar..

Para aliviar o excesso de pressão, você precisa preparar um tubo de ramificação para a conexão do canal de derivação. Você também precisará de 3 adaptadores, em cada um dos quais será aparafusado um elemento de aquecimento para uma caldeira elétrica. Será necessário mais um adaptador para o sensor térmico. Além disso, você precisará de suportes para automação..

Observe que é aconselhável cortar as roscas nos bicos e adaptadores imediatamente.

Os tubos roscados preparados, assim como os elementos de aquecimento, devem ser aparafusados ​​imediatamente nos adaptadores. Isso é necessário para que a linha não seja danificada durante a soldagem ao telhado. Para marcar os pontos de inserção dos elementos de aquecimento, o diâmetro externo do tubo deve ser dividido em 6 setores iguais de acordo com o tamanho do raio. Em seguida, desenhamos três setores idênticos estritamente em um ângulo de 120 °.

A próxima etapa é começar a cortar. Terminada a marcação, com cortador de plasma, recorte os orifícios para os tubos dos elementos de aquecimento. Eles só devem ser cortados ao longo do contorno externo. Com todos os outros tubos, isso não importa..

Caldeira elétrica para casa: como fazer um diagrama de instalação - o princípio de funcionamento

Começamos a soldar. Primeiro, interceptamos os canos em vários pontos para que não sejam conduzidos. Em seguida, verificamos a precisão da localização, se necessário, batemos levemente com um martelo e, em seguida, fazemos uma costura contínua. É importante que os adaptadores para elementos de aquecimento em uma caldeira elétrica para aquecimento com as próprias mãos se projetem 1 cm acima da superfície do arco da caldeira.

Em seguida, certifique-se de que os elementos de aquecimento se encaixam totalmente no corpo da caldeira elétrica. Portanto, após a aplicação de uma costura contínua, é necessário aparafusar os elementos de aquecimento nos adaptadores.

Prosseguimos cortando o arco do canal. No seu centro fazemos um furo para o tubo de derivação da válvula de ar, após o qual soldamos o próprio tubo de derivação. Na lateral fazemos um furo para o sensor de temperatura e também soldamos o tubo sob ele.

Todas as saliências, rebarbas e restos do trabalho de soldagem devem ser cuidadosamente limpos com uma esmerilhadeira. A superfície interna da plataforma do cofre deve ser perfeitamente plana. Os tubos para a instalação de elementos de aquecimento sobressairão apenas 1 cm do lado de fora.

Temos uma caldeira elétrica bastante potente com nossas próprias mãos, com 3 elementos de aquecimento. Se você precisar de uma unidade mais simples, de acordo com o mesmo princípio, ela pode ser montada para 1 ou 2 elementos de aquecimento.

O princípio de funcionamento da caldeira de elemento de aquecimento

O dispositivo de todos os eletrodomésticos em que os elementos de aquecimento (elementos de aquecimento) estão instalados é o mesmo. Quando a energia é ligada, a tensão é fornecida ao elemento de aquecimento, que gradualmente aquece e transfere energia térmica para o líquido localizado ao seu redor.

Caldeira elétrica para casa: como fazer um diagrama de instalação - o princípio de funcionamento

As vantagens de tais dispositivos:

  • uma ampla gama de elementos de aquecimento de várias formas e potências;
  • a capacidade de usar em qualquer sistema de aquecimento com transportadores de calor líquidos;
  • o isolamento é instalado no corpo da caldeira, de forma que a tensão é fornecida exclusivamente para a resistência;
  • não requerem manutenção complexa;
  • o nível de aquecimento é muito fácil de controlar, mesmo com um conjunto mínimo de controles automáticos.

Entre as desvantagens de uma caldeira elétrica caseira deste tipo estão:

  • “Gula” no consumo de energia elétrica, pois é preciso 1 kW de potência para aquecer 10 m² de área;
  • as impurezas do líquido de arrefecimento acumulam-se na resistência em forma de incrustações, pelo que a limpeza deve ser efectuada aproximadamente uma vez por ano;
  • O elemento de aquecimento só pode funcionar na presença de líquido, é recomendável instalar um sensor de velocidade de marcha lenta com ele.

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Montagem de uma caldeira de aquecimento em eletrodos

Dispositivos desse tipo começaram a ser usados ​​ativamente apenas nos últimos 10-15 anos. Estes são dispositivos mais avançados tecnologicamente em comparação com os elementos de aquecimento..

Com válvula de mistura de 3 vias

Neste esquema combinado, para um radiador, o líquido aquece até 80 graus, e para o piso radiante, 40 graus são necessários.

A principal tarefa é reduzir a temperatura da água que sai dos radiadores ao grau necessário para o aquecimento de piso. Este é exatamente o problema que a cabeça termostática de 3 vias resolve..

O princípio de operação do sistema é que a água aquecida é fornecida a partir de uma fonte de calor através deste dispositivo para um coletor, onde é diluída até o grau necessário com um transportador de calor resfriado do tubo de retorno TP. Nesse estado, o líquido é fornecido aos contornos do piso..

Este circuito combinado tem uma desvantagem – não há como ajustar e limitar o fluxo de água resfriada do retorno. A este respeito, tanto a água excessivamente resfriada quanto a água quente fluirão para a linha, e isso pode levar ao superaquecimento do piso ou aquecimento insuficiente..

Mas essas quedas de temperatura podem passar imperceptivelmente, já que são compensadas por uma mesa de concreto..

O circuito da válvula de três vias é fácil de instalar e de baixo custo. É especialmente adequado para uma casa privada térrea ou quartos com uma pequena área..

Se uma válvula de três vias com desvio for usada, a mistura do meio de aquecimento aquecido e resfriado ocorre dentro do dispositivo..

Foto - Esquema com válvula de 3 vias

A instalação é simples:

  • um tee é instalado para o abastecimento;
  • depois, a bomba de circulação é conectada.

Com válvula de mistura de 2 vias

Válvula de duas vias – sua cabeça termostática controla o nível de temperatura na entrada da tubulação do piso.

Foto - Esquema com válvula de 2 vias

O esquema é recomendado para uso em salas com uma grande área, mas não mais do que 200 m2. A presença de uma válvula de equilíbrio permite regular o grau de mistura do líquido para os circuitos de piso radiante. É capaz de interromper ou abrir o fluxo de água quente.

O processo de circulação do refrigerante é projetado de forma que o líquido se mova em um círculo, e a adição de água aquecida ocorre quando a temperatura cai. Uma vez que o rendimento do dispositivo é pequeno, o ajuste é realizado suavemente, sem saltos..

Critérios de escolha

A escolha do equipamento depende de vários fatores, mas o básico é a energia térmica da instalação. Um cálculo preciso só pode ser executado por uma organização especializada. Mas, para um cálculo aproximado, uma relação simples de energia e área de aquecimento é usada para regiões centrais, por exemplo, em Moscou: para 10 m2 – a energia necessária é 1 kW.

O próximo critério é o esquema de conexão, que depende da possibilidade de entrada do assinante da rede elétrica na casa, tensão e número de fases. Para uma pequena caldeira de 6 kW (objeto até 60 m2), é possível conectar a uma rede monofásica 220V, e EKs de maior potência exigirão redes trifásicas (380 V). Muitos fabricantes produzem unidades com a capacidade de se conectar a redes trifásicas e monofásicas.

Caldeira elétrica com bomba

Ao escolher uma caldeira elétrica com bomba, é preciso levar em consideração a energia térmica

O próximo fator é que o sistema de segurança deve lidar com ameaças como baixa ou alta pressão da água de abastecimento, superaquecimento do elemento de aquecimento ou congelamento da água. O controle EC é selecionado a partir de três opções: manual, digital ou programável. É aconselhável escolher uma unidade com controle de potência. Em modelos de orçamento, é escalonado, e em dispositivos com programadores, é suave.

Nesse caso, com base nos dados dos sensores de pressão e temperatura, o software permite definir o modo automaticamente. No caso de utilização de medidor multiparticipado, a carga máxima na caldeira terá efeito das 23:00 às 07:00. Igualmente importante é a disponibilidade de dispositivos auxiliares completos com a bomba e o tanque de expansão: sensores de temperatura e pressão, acessórios e manômetros.

Caldeira elétrica para aquecimento de chalés de verão

Uma caldeira elétrica moderna para aquecer uma casa de verão é um dos tipos mais comuns de aquecedores. Pode fornecer aquecimento total em uma casa de campo que não esteja conectada ao sistema de abastecimento de gás. Ao escolher as caldeiras elétricas certas para aquecer a casa de campo em termos de energia, você pode usar um dispositivo para aquecer efetivamente toda a área da casa.

Por exemplo, uma caldeira elétrica de 6 kW é adequada para aquecer uma casa de verão com uma área de cerca de 60 metros quadrados. Para grandes casas de campo com mais de 85-90 metros quadrados, é aconselhável instalar uma caldeira de aquecimento elétrico de 9 kW, que dará conta de suas funções e não funcionará com desempenho máximo.

Dependendo das características do projeto, existem vários modelos de caldeiras:

  • caldeiras de indução;
  • caldeiras de eletrodo;
  • Caldeiras de elementos de aquecimento.

Depois de escolher um determinado projeto, você pode solicitar uma caldeira elétrica no site oficial do fabricante. Atualmente, a venda de caldeiras elétricas é realizada por diversas marcas nacionais e estrangeiras. Portanto, antes de fazer a escolha final de uma caldeira elétrica para aquecer uma casa fora da cidade, você deve se familiarizar com as especificidades dos aparelhos de diferentes fabricantes..

Proterm de caldeira elétrica

Aquecimento elétrico em casa

Uma marca da Eslováquia fornece há muito tempo caldeiras de aquecimento elétrico Proterm para o mercado doméstico. Todos os equipamentos se diferenciam pela boa qualidade de construção, alto grau de automação e segurança. Depois de instalar uma caldeira elétrica Proterm no país, cujo preço é de cerca de US $ 400 por um modelo de circuito único com capacidade de 6 kW, o proprietário resolverá por muito tempo o problema de aquecer a casa em invernos frios.

Aquecimento elétrico em casa

Se a dacha tiver banheiro ou chuveiro, é preciso comprar uma caldeira elétrica de circuito duplo para abastecer a casa com água quente. A caldeira Proterm com dois circuitos custa um pouco mais, mas o alto preço se justifica pela ampla funcionalidade e praticidade do aparelho.

A melhor caldeira-mini-caldeira elétrica EVAN Warmos QX-18

Avaliações de caldeiras elétricas para aquecimento de residências privadas

Avaliação: 9,8 de 10.

Preço médio: 31400 r.

O melhor entre as potentes caldeiras elétricas de fabricação russa. Pode ser chamada com segurança de mini-sala de caldeira: os elementos de aquecimento (material – aço inoxidável), um tanque de expansão de membrana, uma bomba de circulação são montados em um único alojamento – tudo isso permite economizar espaço durante a instalação e reduzir o tempo. O LCD está localizado na parte inferior do gabinete. O conveniente painel de controle está escondido atrás de uma porta especial. O microprocessador regula o trabalho, o controle é totalmente automático, mas você pode mudar o aparelho para o modo manual e ajustar todos os parâmetros ao seu gosto e necessidade. Funciona de forma estável com quedas de tensão, mas mesmo assim é melhor conectar a caldeira através de um estabilizador. Versátil. Adequado para aquecimento de instalações residenciais (casas, apartamentos) e instalações industriais (armazéns, lojas, etc.)

“Comprei o Warmos, coloquei no país em paralelo ao antigo de combustível sólido. A instalação é elementar. Já está funcionando há 5 anos, não há problemas “

  • trabalha silenciosamente
  • tanque de expansão embutido 12 l
  • 3 etapas de regulação de energia
  • controle do microprocessador
  • controle de energia suave
  • painel de controle na parte inferior da caixa
  • termostato (ajuste da temperatura do ar por 7 dias)
  • modo de ajuste manual disponível
  • bomba embutida
  • proteção contra superaquecimento, proteção contra curto-circuito
  • sensor de nível de refrigerante
  • sensor de pressão
  • indicação de alarme (luz, som).

Contras do modelo:

  • volumoso e pesado
  • ponto fraco – capacitor
  • é imperativo instalar um estabilizador de tensão

Boa caldeira elétrica de baixo custo RusNIT 209M

Avaliações de caldeiras elétricas para aquecimento de residências privadas

Avaliação: 9,9 de 10.

Preço médio: 16279 r.

Uma caldeira elétrica compacta e leve de produção doméstica pode ser considerada a melhor entre as mais baratas. A potência total da caldeira é pequena, 9 kW, mas é suficiente para aquecer instalações com uma área total de 70-90 m2 (área habitável de uma casa ou chalé de tamanho médio, casa de campo). Ao mesmo tempo, a qualidade e o conjunto de funções não são piores do que os caros modelos importados: o trabalho é totalmente automatizado, você pode ajustar todos os indicadores principais (potência em três estágios, temperatura do ar, temperatura do refrigerante).

“Eu tenho RusNIT elétrico na minha dacha há 2 anos. Eu nunca falhei. A casa ainda está esquentando perfeitamente. É bom que quando você o liga, o sistema não carrega imediatamente, ele distribui a carga uniformemente em cada fase. Isso significa que, incluindo outros dispositivos, você não pode ter medo de que eles queimem.

Só é importante que a caldeira seja instalada por especialistas e o serviço deve ser realizado dentro do prazo. “

  • preço baixo
  • instalação fácil
  • controle de energia suave
  • configuração precisa de temperatura (+/- 0,5 ° С)
  • aquecimento do ar dentro de 5-30 ° С
  • Proteção contra o superaquecimento
  • sensor de presença de refrigerante
  • carcaça resistente a respingos.

Contras do modelo:

não é adequado para uma casa grande.

Caldeira de fabricação russa Evan

Aquecimento elétrico em casa

No sortimento da marca russa Evan para residência de verão, você pode adquirir uma caldeira elétrica de parede de circuito duplo, cujo preço é de cerca de US $ 800 para um modelo com potência de 12 kW. As caldeiras desta marca possuem bomba de circulação embutida, membrana de expansão, manômetro, termostato remoto e indicador de acendimento. Graças ao design de sucesso, a caldeira de aquecimento elétrico Evan não é de forma alguma inferior às suas contrapartes importadas..

Para garantir a segurança da caldeira, os fabricantes a equiparam com uma série de funções:

  1. proteção contra superaquecimento;
  2. saída de ar;
  3. sensor de temperatura;
  4. válvula de segurança;
  5. sistema de solução de problemas automático.

O custo de conectar uma caldeira de aquecimento elétrico

Os preços de conexão dependem da quantidade de trabalho que precisa ser feito, da região e da empresa / master. Em Moscou e na região de Moscou, o custo do trabalho é em média 4.200-12.500 rublos, em São Petersburgo – 3.900-8.000 rublos e nas regiões – 3.500-7.000 rublos. O preço inclui a instalação e conexão de uma caldeira elétrica apenas, com menos frequência uma caldeira elétrica e um radiador.

O custo de conectar outros elementos do sistema de aquecimento, como um tanque de expansão, uma bomba de circulação, uma caldeira de aquecimento indireto ou piso radiante, é calculado separadamente e pode ser outros 2-5 mil rublos. Tempo de conclusão do trabalho em média de 2 a 4 dias

Mais barato por gás ou eletricidade?

Em muitas áreas, a questão de escolher entre aquecimento a gás e elétrico é muito aguda. Ambas as opções têm nuances técnicas próprias, mas de um modo geral podemos dizer que estas instalações respondem igualmente bem ao fornecimento de calor à casa e aos seus residentes. Se estiverem com defeito, ambas as opções serão alimentadas de forma intermitente ou funcionarão incorretamente. Portanto, apenas o componente econômico (o valor das despesas) tem importância decisiva na escolha. Infelizmente, neste caso, as considerações de economia claramente não estão do lado da corrente elétrica..

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

No entanto, existem outras sutilezas que não devem ser esquecidas:

  • o aquecimento autônomo a gás requer custos iniciais mais significativos;
  • imóveis em assentamentos caseiros com gás conectado são significativamente mais caros do que sem ele (é assim que os incorporadores compensam suas perdas);
  • a energia elétrica começa a fluir para novas áreas de desenvolvimento geralmente antes do “combustível azul”, e a velocidade de sua conexão é visivelmente maior.

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Adendo

A caldeira mais econômica é aquela que possui a melhor automação e é complementada por termostatos bem escolhidos. É importante lembrar que todas as promessas de fabricantes e vendedores sobre materiais “economizadores de energia”, designs originais ou baixo consumo de energia nada mais são do que uma armadilha de marketing..

Se o aquecimento infravermelho for selecionado, uma unidade de controle deve ser instalada para cada três elementos de aquecimento. É preferível aquecer casas de madeira com convectores, onde um baixo nível de risco de incêndio é de importância decisiva. Não faz sentido comprar componentes para um piso quente sem ajustar a automação.

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Para aquecer uma casa ou apartamento com electricidade de alta qualidade, vale a pena cuidar de um isolamento completo da casa e da prevenção de todo o tipo de fugas de calor. São as lacunas externamente imperceptíveis que desvalorizam até mesmo os dispositivos de aquecimento relativamente potentes. O uso de automação complexa no sistema de aquecimento é especialmente importante se ninguém estiver em casa durante o dia. Controladores e temporizadores que começam a aquecer exatamente no momento certo permitem que você resolva a “eterna disputa” entre economia de energia e conforto.

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Nem todas as pessoas podem desenvolver bem um plano para o sistema de aquecimento de uma casa, escolher a potência certa e a geometria dos circuitos. Nesse caso, vale a pena consultar especialistas. Eles o ajudarão a fazer uma compra vantajosa..

Numa casa com aquecimento eléctrico, independentemente do tipo de aparelho de aquecimento, deve haver um contador com várias tarifas. Graças a ele, o pagamento pela corrente consumida à noite será significativamente menor. Se você planeja instalar uma caldeira desenvolvendo uma potência de 12 kW ou mais, você terá que reequipar a rede elétrica interna e instalar um medidor trifásico. Obviamente, este tipo de trabalho não pode ser realizado sem a aprovação do fornecedor de energia e das autoridades de supervisão. Os princípios básicos das conexões de tubulação e radiador são os mesmos dos sistemas “água”.

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Deve ser lembrado que as caldeiras elétricas não podem aquecer muitas baterias ao mesmo tempo. Um aquecedor infravermelho deve ter uma potência de 100 W por 1 m2, e se vários dispositivos de aquecimento forem necessários, um pirômetro ajudará a fazer todos os cálculos com a maior precisão possível. Este mecanismo identifica imediatamente as zonas mais quentes e mais quentes. Não devemos esquecer que, apesar do nível decente de segurança dos filmes e circuitos infravermelhos, eles ainda continuam sendo aparelhos elétricos..

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

As regras básicas são as seguintes:

  • uma certa distância para objetos de ignição fácil, para cilindros de gás e tudo que pode explodir;
  • colocação de cabos em canais especiais ou sobre bases incombustíveis;
  • inadmissibilidade de contato dos fixadores com uma parte que fornece diretamente o aquecimento;
  • colocação de painéis de teto na altura de 250 a 350 cm;
  • a potência máxima do dispositivo de casa ou apartamento é limitada a 0,6 kW.

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

A montagem no teto é muito mais eficiente do que na parede. Mas a localização dos painéis diretamente acima da cama, acima da área de jantar ou acima da parte de trabalho do escritório não pode ser considerada confortável. A melhor solução é deslocar ligeiramente para o lado. E para que várias unidades funcionem de maneira síncrona e clara, elas precisam estar conectadas a um único termostato.

Embora as caldeiras elétricas sejam mais familiares, também existem vários pontos importantes em sua instalação. Antes da instalação, verifique a ausência de tensão na rede. É inadmissível a escolha de uma área localizada próxima a um sistema de abastecimento de água, uma pia, outras fontes de água e reservatórios. Todas as caldeiras elétricas e equipamentos conectados a elas devem ser cuidadosamente aterrados. Embora a permissão oficial não seja necessária, ainda é melhor solicitar uma pesquisa domiciliar profissional e verificar o esquema por especialistas..

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas

A distância permitida da caldeira aos objetos individuais especificados nas instruções não deve ser violada. Se estiver pendurado na parede, a superfície deve ser totalmente incombustível. Na ausência de tal parede, que ao mesmo tempo deve ser forte o suficiente, você terá que escolher uma versão de piso.

      No cálculo da potência térmica, é importante ter em consideração a posição das janelas e pavimentos, o nível de envidraçamento, o número de divisões e a qualidade do seu isolamento. Proprietários experientes e instaladores profissionais sempre complementam uma caldeira elétrica com um RCD próximo.

      Aquecimento elétrico em casa particular: uma visão geral dos melhores sistemas